Riva, Bosaipo e mais quatro têm 15 dias para pagar R$ 44,9 milhões à Justiça

Quantia teria sido desviada da Assembleia Legislativa por meio de fraudes a contratos de serviços gráficos, entre 2003 e 2015

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Geraldo Riva, o ex-deputado estadual Humberto Bosaipo e mais quatro pessoas têm 15 dias para pagar R$ 44,9 milhões à Justiça de Mato Grosso em sentença de improbidade administrativa. 

A quantia seria restituição de dinheiro desviado da Assembleia Legislativa por meio de contratos fraudulentos para serviços gráficos, entre 2003 e 2015. O caso é investigado desde 2015 pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPE). 

Nessa segunda-feira (13), a juíza da Vara de Ações Coletivas, Célia Regina Vidotti, estipulou o prazo para que o ressarcimento seja feito. Além dos ex-deputados, estão condenados Guilherme da Costa Garcia, Geraldo Lauro, José Quirino Pereira e Joel Quirino Pereira. 

O MP disse que os empresários colaboravam com os então deputados estaduais, membros da Mesa Diretora, na fraude a licitação para a contratação de serviços de gráficas, com devolução de 75% dos valores negociados aos agentes políticos. 

A quantia seria para cobrir empréstimos concedidos por uma factoring do ex-bicheiro João Arcanjo, tomados para pagar dívidas pessoais e campanha eleitoral de Humberto Bosaipo. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem perde os documentos pessoais e descobre que “está morto” desde 2012
Próximo artigoJovem aceita carona de moto-taxista e é estuprada