Lula pede paralisação do julgamento do triplex até que Moro seja julgado por “suspeição”

O ex-presidente pediu que o processo seja paralisado até que o Supremo Tribunal Federal julgue a suspeição do ex-ministro Sergio Moro

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) está determinado a paralisar o julgamento do triplex, que já causou sua prisão em 2018.

Em um habeas corpus apresentado pela defesa do petista na última terça-feira (29), Lula pede a paralisação do processo até que o Supremo julgue a suspeição do ex-juiz Sergio Moro, que condenou Lula em primeira instância.

Na defesa, os advogados argumentam que é necessário aguardar, pois se Moro for declarado suspeito pelo STF, o processo voltará ao estágio inicial, fazendo com que a análise do caso, que está no Superior Tribunal de Justiça (STJ), não tenha efeito.

Antes de recorrer ao Supremo Tribunal Federal, a defesa do Lula já havia feito o mesmo pedido ao Superior Tribunal de Justiça, mas o relator, Felix Fischer, negou o pedido e afirmou que não era necessário esperar o julgamento das suspeições.

O processo que julgará a suspeição de Moro e outros membros da Lava-Jato está parado desde 2018, quando o Ministro Gilmar Mendes pediu vista.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMesmo com baixa em cinco setores, MT mantém saldo de trabalho positivo
Próximo artigoNa linha de frente: profissionais da saúde contam como superar o medo da covid