Governo lança nova fase de operação para combater crimes ambientais

Ações são lançadas ao fim do mês em que Mato Grosso voltou a ter alta nos focos de queimadas e desmatamento

(Foto: José Medeiros)

O Governo de Mato Grosso lançou nesta segunda-feira (31) uma nova fase da Operação Amazônia, para o combate a crimes ambientais. A ação, com participação da Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e o Corpo de Bombeiros, terá R$ 73 milhões para fiscalizar queimadas e desmatamento ilegais. 

A secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, diz que a operação é uma resposta ao aumento em focos de degradação ambiental ocorrido neste mês. No dia 19, houve decretação de emergência até novembro e a antecipação do período proibitivo das queimadas na zona rural. 

LEIA TAMBÉM

“Até abril [de 2021] nós tivemos uma redução de 25% nos focos, mas em maio esse número voltou a subir. A nova fase da operação é uma reposta a esse aumento, que iremos fiscalizar com rigidez”, disse. 

Restrição e imagem 

O governador Mauro Mendes afirmou que as ações seguirão o planejamento executado em 2020, quando houve aplicação de R$ 1,5 bilhão em multas. O próximo passa seria a inclusão dos infratores na dívida ativa do Estado. 

“Não aposte na ilegalidade, não aposte na falta de capacidade do Estado em fiscalizar os atos ilegais. Apenas 3% dos produtores cometem ilícitos, estamos dando uma resposta para defender a grande maioria que está legal. E se acharem que não terá efeito, daqui a pouco vão ver os nomes no Serasa e no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), disse. 

Disse ainda que o combate mais forte aos crimes faz parte da preservação da imagem e dos negócios de Mato Grosso, que hoje é o maior produtor de grãos do Brasil. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Jogando fora no lixo”
Próximo artigoLei do Stalking: você sabe como provar uma perseguição na internet?