AL aprova retorno das aulas presenciais em escolas e universidades de MT

Educação foi reconhecida como serviço essencial, após intenso debate dos parlamentares. Lei vai a sanção do governador Mauro Mendes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou nesta segunda-feira (5) o projeto de lei que reconhece as atividades educacionais como essenciais enquanto durar a pandemia.

Pela manhã, houve um manifesto simbólico de mães e empresárias do ramo de educação infantil em defesa da aprovação da proposta. Elas se reuniram em frente ao prédio do Legislativo.

Na prática, a aprovação do projeto significa permitir a reabertura das instituições de ensino públicas e privadas nos 141 municípios de Mato Grosso. Mas a lei ainda depende da sanção do governador Mauro Mendes (DEM) para entrar em vigor.

Se for sancionada, ela vai favorecer as unidades das redes pública e privada de ensino municipal, estadual e federal, desde a educação infantil até o ensino técnico e superior.

O projeto de lei original – o 172/2021 -, de autoria do deputado Wilson Santos (PSDB), foi apensado ao projeto 21/2021, do deputado Elizeu Nascimento.

Houve apenas seis votos contrários à proposta dos seguintes deputados: Eduardo Botelho (DEM), Valmir Moretto (Republicanos), Lúdio Cabral (PT), Allan Kardec (PDT), Dr. Gimenez (PV) e Dr. Eugênio (PSB).

Educação em risco

Presidente da Comissão de Educação, Wilson Santos discursou em favor da própria sugestão. Defendeu que a lei já vigora em outros Estados do país, como Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e citou dados que embasam seus argumentos.

Os pobres não tem computador. A única alternativa é a aula presencial. O ensino on-line patrocina à distância social. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Universidade de Zurique, na Suíça, realizaram estudos de que países em desenvolvimento têm desempenho muito melhor com as escolas em pleno funcionamento, desde que respeitada as medidas sanitárias. Não estamos nos baseando em achismo”, disse.

A deputada Janaína Riva (MDB) também saiu em defesa do retorno às aulas presenciais, citando baixo risco de contaminação em unidades escolares, diante do cumprimento já comprovado das medidas sanitárias.

LEIA TAMBÉM

“Em Sorriso, uma pesquisa apontou que 17 mil profissionais envolvidos na educação tiveram contaminação de 0,05% após o retorno às aulas. As escolas são ambiente seguro. Muitas escolas municipais e particulares estão compromissadas com as regras sanitárias.  Universitários têm maior discernimento e poderão perfeitamente cumprir regras”.

Já o deputado Thiago Silva (MDB) defendeu que, em paralelo ao reconhecimento das atividades educacionais como essenciais, a Assembleia Legislativa precisa adotar medidas para incluir os profissionais da educação no rol de prioritários da vacinação contra a covid-19.

“Muitos professores e estudantes clamam pelo retorno às aulas presenciais e nós devemos assegurar a essência desta atividade. Mas, desde já, eu entendo que cabe a Assembleia Legislativa articular com o Executivo vacinação prioritária aos profissionais da educação”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

22 COMENTÁRIOS

  1. Sabemos muito bem que por trás disso não está a preocupação com a educação, sim o interesse de empresários das escolas particulares. Vamos ver quantos mais precisam morrer para se ter lucidez.

  2. Gostaria que vocês fizessem uma matéria sobre as condições de trabalho dos professores e funcionários da rede particular de Cuiabá.
    Existem vários professores e funcionários que já contraíram a covid 19 e passaram para os familiares e as escolas estão acobertando os casos de funcionários que contraíram a doença.
    Os professores da educação infantil, tem que pegar as crianças no colo, com isso não obedece ao protocolo de segurança sobre o distanciamento. Crianças estão indo para escolas doentes, ficamos sem saber se é gripe ou covid, sendo que estamos em risco.
    Muitas salas de aulas não respeitam a quantidade de aluno permitido, alunos de educação infantil e ensino médio sem máscara durante o horário de aula, circulam na escola sem máscara.
    Os profissionais da saúde estão na linha de frente, mas muitos foram vacinados, já nós professores estamos descartados.
    O presidente da república, o governador do estado, o prefeito e os diretores vão garantir vagas na UTI, caso algum funcionário de escola particular contrair a covid e precisarem de UTI?

    Esse é o momento em que existem mais de 150 pessoas esperando vagas na UTI, o decreto fala de várias restrições, mas não fala sobre as aulas presenciais.
    Vivemos em constante medo, com o psicólogo muito abalado.
    Socorro, nós ajudam

  3. Maria

    Esses políticos, querem que os profissionais da Educação e nossos filhos MORRAM.Em pleno auge da Pandemia aprovar uma lei dessa.Nossos parlamentares são uma vergonha para Mato Grosso.Pense em quem votar.

  4. Antes de fazer a vontade dos empresários da educação, deveriam colocar os profissionais da educação como grupo prioritário para as vacinas. Quem irá substituir os profissionais que fazem parte dos grupos de risco? Quase todas as Unidades EDUCACIONAIS possuem profissionais neste quadro, ou acima dos 60 anos.

    • Janaína Riva realmente demostrando o quão é traidora dos servidores públicos do estado MT só os usou no governo Taques por que seu pai ex presidiário era desafeto do Taques agora que é amiguinha do Mauro Mentes só demonstra que o servidor não merece ter os seus direitos e vota tudo contra os servidores

      • pois é toda eleição o povo elege ela agora é hora de da o troco ano que vem tem eleições ela esta ai pra ser candidata a governadora este ano ela voltou contra nós funcionario publicos da educação vamos dar resposta para os dois na eleição

  5. Aqui em Sapezal as escolas particulares retornaram as aulas desde setembro do ano passado e em nenhuma das duas tiveram casos de contaminação durante todo esse período que durou até mes passado. Parem de achar que somente nas escolas é que terá contaminação. Se todos os outros profissionais estao trabalhando normalmente por que os professores tem que ter prioridades? Já restou comprovado que esse ano o índice de contaminação em crianças foi bem menor do que no ano passado. Já restou comprovado que as crianças estao sofrendo transtornos psicológicos imensos ou quadros depressivos. Já restou comprovado que as crianças estao mais seguras na escola do que nas ruas…que muitas se alimentam somente durante o período escolar. Que a maioria das crianças do básico de escolas públicas estao esquecendo como ler ou escrever. Esse ano as particulares daqui receberam várias crianças das escolas públicas tendo de fazer aulas de reforço. Já passou da hora das escolas voltarem e de professores voltarem a dar aulas presenciais! Se é vacina que querem que deem logo para eles entao porque eu sou uma das que nao faz questão nenhuma de ser cobaia dessas vacinas que estao dando por aí e q tá causando muitas mortes que sequer sao mencionadas na mídia! Procurem aí pela cidade de Serrana, em SP, como estao os casos dos vacinados. https://www.youtube.com/watch?v=j_O8gdhQ3gw. Vejam aí se parou os casos de ativos nessa cidade. Voces tem q entender que teremos de conviver com esse virus e cobrar o tratamento precoce ao invés de cobrar vacinas.

    • Eu Rafael, professor da rede estadual tenho contato com 800 alunos por SEMANA, ou seja, 800 alunos diretamente e 800 familias indiretamente. Isso explica o motivo da prioridade.

    • varias fake news no seu comentário.

      1 – as condições de Sapezal não são as mesmas dos outros 140 municípios.
      2 – ninguém falou que SÓ nas escolas.
      3 – Professores tem prioridades por terem muito mais exposição do que outros profissionais.
      4 – “Já restou comprovado que esse ano o índice de contaminação em crianças foi bem menor do que no ano passado.” fonte?
      5 – “as crianças estão sofrendo transtornos psicológicos imensos ou quadros depressivos”, quando foi diferente? só percebeu agora?
      6 – ninguém ta falando pras crianças ficarem na rua.
      7 – se a problema na alimentação das crianças só aumenta a necessita de um Auxilio Emergencial digno.
      8 – “a maioria das crianças do básico de escolas públicas estão esquecendo como ler ou escrever”, fonte?
      9 – VACINA SIM! O vídeo explica certinho por que os efeitos da vacinação ainda não foram sentidos em Serrana. Simplesmente ainda não acabou o processo de imunização. Assista o vídeo até o final!
      10 – Tratamento precoce é vacinação para todos! Fora isso é conversa pra boi dormir, ou seria gado?!

  6. Não tem vagas nos hospitais, UPAS, não tem profissionais médicos, enfermeiros e técnicos suficientes para o atendimento, falta medicação para os pacientes . E não tem previsão de vacinar os profissionais de educação e querem o retorno.UM ABSORTO.

  7. O Presidente da Comissão citou que há legislação nesse sentido em outros Estados, dentre os quais o Rio Grande do Sul….. Excelente exemplo, sendo que o Rio Grande do Sul atualmente é o Estado mais afetado pela pandemia. Que justificativa plausível…..

  8. Presenciando um show de horror. Desde a volta ao ensino híbrido já tivemos morte de professores, afastamentos diversos por covid… enfim. Valemos NADA para esses lixos que elegemos. Precisamos nos pegar com a fé… pq com a justiça, bom senso, e humanidade não vai dar.

  9. Escola particular até vai porque os pais levam com os cuidados devidos agora quero ver no público que muitos vão de ônibus lotando ainda mais os já lotados ônibus ,e falta de estruturA nas escolas públicas isso e uma tragédia anunciada ,estão morrendo muitos professores imagina em sala.

  10. Não tem vaga em lugar nenhum, mais não são as escolas que estão vazias que estão contaminando.nao estão falando que é pro professor abraçar os alunos só dar aula, esse mesmo professor, que não quer voltar pra escola, ele vai no mercado, na farmácia, no posto de gasolina…e se for contaminar vai ser nesses locais, pois existem pesquisas falando que é muito mais fácil ser contaminado nesses locais que em escolas

  11. Medida arriscadíssima, bem como a circulação de pessoas sem necessidade… passeando nos shoppings, comércio… academias e salões de beleza também tem alto índice de contaminação, deveriam estar fechados… As únicas medidas que realmente funcionam são: lockdown de verdade (com suporte financeiro aos grupos vulneráveis) e vacinação em massa. Vejam os casos de Araraquara, Israel e Austrália…
    Estamos indo pro brejo e é isso que os governantes querem, quanto mais pessoas pobres morrerem, melhor pra eles…

  12. Muito me admiro essa proposta vir de Wilson Santos e mais aínda ele como Professor querer comparar aqui com Zurique. E gostaria que ele falasse o nome desses Professores que ele diz estar aclamando retorno das aulas
    Isso é um absurdo pois estamos tendo um índice alto de infecção e mortes por Covid na área da Educação sem ser presencial imagina retornando as aulas.

  13. A volta das aulas é relevante para todos. Agora, não sei se é burrice, má fé ou maledicência ou outros interesses, que estão por trás de projetos como esse. Essa é uma resolução que envolve a multidisciplinaridade, pois há tantos profissionais envolvidos, tantas opiniões qualificadas a ser consideradas e onde estão esses profissionais?
    Por que buscar esse personalismo ?
    Ainda mais, é muito amadorismo, um deputado que desde o século XX está na política apresenta um projeto dessa natureza sem acompanhamento de protocolos de segurança sanitária, plano de expansão e desenvolvimento da internet, notebooks para os alunos da periferia … Fico me perguntando por que isso não é previsto no projeto do Sr. Wilson Santos?
    Em outros momentos a epidemia esteve menos agressiva, e os nobres deputados se omitiram, hoje nesse momento avassalador, proporem o retorno. A meta é caixão?
    Enquanto nossos nobres deputados não encararem a decisão de retorno às aulas como um processo e não como uma decisão apenas política, de cunho pessoal ou mesmo de “grupos”, continuamos a enxugar gelo. A educação não pode ser resolvida apenas por de-cre-to!

  14. COMO IREI RETORNAR MEUS TRABALHO PRESENCIAL, SENDO QUE AS CRIANÇAS DA MINHA UNIDADE CMEI DA MINHA TURMA E SALA QUE SOU LOTADA SÃO 23 CRIANÇAS E ELAS TEM DE 1,5 A 2 ANOS NÃO USAM MASCARAS AINDA SENÃO PODE OCORRER ASFIXIA, COMO EU VOLTO A TRABALHA SEM VACINA.

  15. E a hora de pensarem com.o Lógico deputado não são pessoas sabia são apenas oportunistas querem somente sobre sair em politicagem vidas são importantes, não uma elites e pessoas de cabeça ocas. Um livro mais velho de todos nós ensina.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós participar de assalto, PM diz que é esquizofrênico e Justiça seu retorno à função
Próximo artigoCondenado por estupro responderá pelo crime em liberdade