Vídeo| Cuiabanos ignoram pandemia e fazem aglomeração na Praça Popular

Sem máscaras e sem distanciamento social, consumidores ansiosos por noites badaladas usufruíram de forma inconsequente a suspensão da quarentena

(Foto: reprodução/ Leandro Reais - Facebook)

Cuiabá teve pontos de aglomeração de pessoas na noite desse sábado (26), a segunda de autorização de funcionamento de bares e casas noturnas por meio de decreto estadual. 

A Praça Popular, área no centro de Cuiabá que concentra bares, restaurantes e espaços de lazer teve a maior concentração de pessoas.

Durante toda a noite foi possível ver bares com a capacidade de lotação quase cheia, restaurantes com a maioria das mesas pessoas ocupadas e pedestres circulando pelas ruas sem máscaras.

A ansiedade de alguns consumidores em retomar a badalada vida noturna também  gerou movimento em alguns bairros da Capital, onde também tiveram focos de aglomeração. 

 

 

Liberou hj em Cuiabá e já tá assim.. quem não pegou coronavírus agora vai pegar.. primeiro dia já desse jeito.. imagina os outros dias

Publicado por Leandro Reis em Sábado, 25 de julho de 2020

As ruas congestionadas pela quantidade de carros estacionados pela praça estiveram semelhantes aos fins de semana anteriores à pandemia. As mesas disponibilizadas pelos estabelecimentos na calçada tiveram várias horas de lotação total. 

A movimentação chamou a atenção de quem passou pelo local. Vídeos mostrando aglomeração na Praça Popular foram postados por internautas ao longo da noite de ontem. E a maioria mostrava o mesmo cenário. 

Contudo, a Polícia Militar informou que não houve registro, até o fim da manhã deste domingo (26), de situação de descontrole por causa da quantidade de pessoas. 

Disse ainda que monitoramentos estão sendo feitas desde início da pandemia para dispersar a aglomeração de pessoas. Já a Prefeitura de Cuiabá informou que a Secretaria de Ordem Urbana não realizou nenhuma fiscalização por falta de impedimento legal. 

Decreto e regulação 

Na sexta-feira (24), o governo do Estado modificou o decreto nº 522/2020 para autorizar os segmentos comerciais de fora de lista dos serviços essenciais a atender o público com até 70% da capacidade de lotação. 

A prefeitura, contudo, ainda precisa regulamentar os horários de funcionamento de cada segmento. Neste fim de semana, os estabelecimentos aproveitaram a brecha para atender ao público. 

O decreto com as regras de atendimento deve divulgado nesta segunda-feira (27) em Cuiabá. A prefeitura conversa com representantes de cada segmento para definir o horário de funcionamento. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVítimas da covid
Próximo artigoCooperativismo e a pandemia: modelo econômico pode ajudar a superar a crise?