Vaga aberta: senador de MT será escolhido em 15 novembro

Eleição suplementar vai ocorrer no dia 15 de novembro, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

(Foto: Reprodução/Veja)

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que a eleição suplementar para senador em Mato Grosso seja realizada em 15 novembro.

A data é mesma em que será realizado o 1º turno das eleições municipais.

A decisão atende a um pedido protocolado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

No pedido, o órgão aponta que a medida implica na redução de gastos – já que a estrutura de pessoal e logística já estará à disposição – e, sobretudo, com medidas de prevenção contra o coronavírus.

LEIA TAMBÉM

A eleição já havia sido suspensa pelo TSE em março, por causa da covid-19.

Em novembro, os eleitores irão escolher quem preencherá a vaga aberta pela cassação da senadora Selma Arruda. Em abril deste ano, ela foi condenada pelos crimes eleitorais de caixa 2 e abuso do poder econômico.

Após a cassação, Carlos Fávaro – que ficou em 3º lugar nas eleições de 2018 – assumiu a vaga, até que a eleição seja feita.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPandemia na pandemia: venda de remédio para insônia, depressão e estresse aumenta 20% em MT
Próximo artigoComo se isolar de quem mora na mesma casa? Pacientes da covid contam experiências