Professores de MT relatam falta de formação para atividades online

Ao TCE, mais da metade dos educadores disse que não recebeu nenhum suporte ou capacitação para atuar na modalidade EAD

(Foto: Reprodução/Financial Times)

Professores são figuras centrais e insubstituíveis do processo de ensino-aprendizagem. Mas com a interrupção das aulas presenciais, precisaram aprender a lidar com ferramentas e tecnologias com as quais, em geral, não estavam habituados.

E uma pesquisa revelou que, no Brasil, os profissionais não tiveram suporte e capacitação durante a migração para o meio digital, dada a urgência da situação.

Um levantamento nacional feito pelos Tribunais de Contas dos Estados revelou a falta assistência aos professores.

Quando há, segundo as respostas aos questionários, o suporte é “elementar, incipiente e focado, principalmente, no esclarecimento de dúvidas via WhatsApp, redes sociais ou envio de documentos orientativos”.

Os dados colhidos pelo estudo vão de encontro com outra pesquisa feita no país. Entre abril e maio, o Instituto Península ouviu 7.734 professores e professoras. A maioria deles (55%) disse que não recebeu nenhum suporte ou capacitação para ensinar fora do ambiente físico da escola.

No total, 83% se dizem “pouco ou nada” preparados para o ensino virtual. Além disso, 75% dizem que gostariam, sim, de receber apoio e treinamento neste sentido.

Quanto à existência de capacitação para o desenvolvimento das atividades à distância, a maioria das redes não está oferecendo qualquer formação.

LEIA TAMBÉM

No caso das redes estaduais, dentre as 17 analisadas, 14 responderam que estão oferecendo formação aos educadores a fim de capacitá-los para a elaboração e condução de atividades pedagógicas não presenciais.

Em Mato Grosso, não é diferente. No conjunto de escolas municipais e estaduais, 58,3% responderam não estar ocorrendo formações para os profissionais desenvolverem atividades à distância.

Para o TCE-MT, o papel do professor é crucial no momento da educação que vivemos. “É ele o responsável, em grande parte das vezes, se não em todas elas, por motivar os estudantes. Assim, como já explanado, é primordial que os professores tenham suporte e recebam formação para que consigam desempenhar suas funções apropriadamente”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAécio Rodrigues: conheça os candidatos a prefeito de Cuiabá
Próximo artigoCampanha só para o Senado