PDT tenta manter Sachetti na aliança de Mendes e sugere candidatura avulsa ao Senado

Sem espaço na chapa majoritária, Sachetti agora negocia espaço na aliança de Pedro Taques

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Presidente do PDT em Mato Grosso, o deputado estadual Zeca Viana está tentando contornar a insatisfação do deputado federal Adilton Sachetti (PRB) com os rumos da articulação em torno da candidatura de Mauro Mendes (DEM) ao governo. Sachetti tem a pretensão de disputar o Senado na chapa de Mendes e conta com apoio do ministro Blairo Maggi (PP). Até o momento, no entanto, ele vem sendo preterido. Isso porque o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que cobiça a mesma vaga na chapa, tem ganhado musculatura na formação da coligação, que conta ainda com Jayme Campos (DEM) na outra vaga para o Senado.

[featured_paragraph]“Sachetti é nosso pré-candidato ao Senado e estamos pensando como ajustar isso. Talvez a gente busque até uma candidatura avulsa para ele estar conosco”, disse o deputado. Sem espaço na chapa majoritária, Sachetti agora negocia espaço na aliança do governador Pedro Taques (PSDB). Ele foi convidado pelo grupo do tucano para ser candidato a senador ao lado de Nilson Leitão (PSDB).[/featured_paragraph]

Zeca confirmou que atualmente a aliança de Mendes trabalha com os nomes de Jayme e Fávaro para o Senado, além de Otaviano Pivetta (PDT) para vice. O deputado disse que tentou resistir à composição com o PSD e que preferia Sachetti como candidato a senador.

“A chapa acordada é essa. Quem faz os acordos é o DEM, que tem o candidato a governador. Mas não vamos deixar Adilton. É um companheiro, uma pessoa íntegra, séria, já tem legado em Mato Grosso e seria muito útil no Senado”, disse.

Ele rejeitou a possibilidade de Sachetti ser o vice de Mendes e afirmou que o partido não abre mão da vice-governadoria. Além disso, Pivetta também é o favorito do próprio candidato a governador. “[Sachetti como vice] é o posicionamento de certos empresários que ficam debaixo da saia do governador e depois querem dar pitaco nas composições da oposição”, concluiu.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPara os 300 anos de Cuiabá, Pinheiro quer 300 novos aparelhos de ar nas escolas
Próximo artigoPF deflagra operação contra o tráfico de drogas na região do Araguaia

O LIVRE ADS