Pedido de impeachment de Barroso será entregue nos próximos dias, diz Bolsonaro

De acordo com o presidente, o pedido de impeachment do ministro do STF e presidente do TSE já está sendo preparado

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que irá enviar ao Senado Federal, nos próximos dias, um pedido de impeachment do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal.

Segundo Bolsonaro, o pedido ainda não foi entregue devido à prioridade dada ao pedido de impeachment de outro ministro do Supremo Tribunal Federal, o ministro Alexandre de Moraes. De acordo com o presidente, o governo está organizando o segundo pedido.

“Você não precisa de um pedido atrás do outro. Não é fácil fazer um pedido, você tem que ter muito equilíbrio, tem que buscar materialidade, tem que estudar bastante. Não pode apresentar por apresentar”, afirmou o presidente.

Fora dos limites da Constituição

De acordo com Bolsonaro, tanto Alexandre de Moraes, quanto Luís Roberto Barroso, ultrapassaram os limites da Constituição Federal.

O presidente argumenta que o ministro Alexandre de Moraes tenta coibir a liberdade de expressão no Brasil, através de inquéritos aberto ilegalmente – e o ministro Luís Roberto Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), agiu politicamente para interferir na votação sobre voto impresso auditável ocorrida na Câmara Federal – conduta vedada a membros do Poder Judiciário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDória afasta coronel da PM que defendeu manifestação de Sete de Setembro
Próximo artigoBombeiros afirmam terem sofrido atentado e prefeito os denuncia por abuso de autoridade