Cuiabá aumenta toque de recolher e implanta rodízio de carros e pessoas

Supermercados, bancos e farmácias ficarão autorizadas atender o público conforme o final do CPF entre dias pares e ímpares. Carros terão regras semelhantes

(Foto: Reprodução/Luiz Alves/ Prefeitura de Cuiabá)

Cuiabá vai passar a operar com rodízios de carros e de atendimento físico nos estabelecimentos de bens essenciais. A circulação tanto de carros quanto de pessoas será distribuída por dia par e dia ímpar. 

As mudanças começam a valer na segunda-feira (6) e vão até o dia 20 de julho. As novas regras foram anunciadas hoje (2) pelo prefeito Emanuel Pinheiro e complementam o decreto que regulamenta as atividades na quarentena obrigatória. 

Elas estão presentes no decreto nº 7.975, que será publicado no Diário Oficial de amanhã (3) 

Rodízio por CPF 

No período de funcionamento do decreto, agências bancárias, supermercados, lotéricas e distribuidoras de bebidas poderão atender as pessoas em suas lojas físicas de acordo o número final do CPF, pela sequência ordinal. 

Nos dias pares, poderão ser atendidas as pessoas com o cadastro cujo último seja 0, 1, 2, 3 ou 4. Nos dias ímpares, as pessoas com finais de CPF 5, 6, 7, 8 e 9. 

Esse tipo de atendimento deverá ocorrer no horário comercial de atendimento. Ele não tem os efeitos do toque de recolher. 

Conforme o prefeito Emanuel Pinheiro, essa medida visa a reduzir o volume de circulação de pessoas nos locais que naturalmente geram aglomerações. 

No caso dos bancos e lotéricas, a primeira hora de atendimento deverá ser priorizada para o atendimento de pessoas classificadas no grupo de risco, como idosos, obesos, etc. 

Rodízio por placa 

Também no dia 6 entra em vigor o sistema de rodízio de carros. Diferentemente do atendimento nos estabelecimentos comerciais, a autorização para circular corresponderá entre dia (par ou ímpar) e o final de placa. 

Nos dias pares, vão poder circular os carros com placas finais 0, 2, 4, 6 e 8. Nos dias ímpares os carros com as placas de finais 1, 3, 5, 7 e 9. 

O rodízio valerá de segunda à sexta-feira enquanto estiver em vigor o decreto. Nos feriados e domingo, ele fica suspenso. Táxis e motoristas de aplicativos não entram na regra.

Essa regra também será válida até o dia deste mês no horário comercial, que passará a ser considerado até às 20h. 

Toque de recolher 

As novas medidas anunciadas incluem também a renovação do toque de recolher, com maior intervalo de validade. A partir desta sexta-feira (3), a proibição de circulação de carros e pessoas será contada a partir das 20h. 

O prefeito Emanuel Pinheiro estendeu em 1h30 o tempo da restrição. Até hoje (2), ele ocorre a partir das 22h30. Contudo, o fim permanece às 5h, diariamente. 

O toque recolher mais longo também será válido, inicialmente, até 20 de julho. 

Durante esses dias, só poderão circulação nesse horário os trabalhadores dos serviços de segurança, saúde, veterinária, farmácias e drogarias, supermercado, hospital, aeroporto e rodoviária e de entregas (delivery). 

Existe a ressalva, contudo, de que restaurantes e congêneres só poderão atender até a meia-noite, com serviços de entrega ou drive thru, no horário do toque de recolher. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Meu cpf é final 3, ou seja, somente serei atendido nos dias pares.

    Meu carro é final 3, ou seja, somente poderei andar com ele nos dias ímpares.

    Então não poderei ir ao mercado, farmácia etc com meu carro. Risos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnfermeira murcha pneu e risca carro que parou em sua vaga e passa a ser ameaçada
Próximo artigoNa cabeça de quem?