Anvisa autoriza Mato Grosso a comprar até 71 mil doses da Sputnik V

Assim como outros Estados, Mato Grosso precisará cumprir regras para começar a imunização com a vacina da Rússia

(oto: Reprodução/Facebook/Embaixada da Rússia no Brasil)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou Mato Grosso a comprar 71 mil doses da vacina Sputnik V em caráter excepcional de emergência. A liberação está publicada no circuito deliberativo nº 539/2021 desta semana. 

A Anvisa segue os parâmetros da reunião extraordinária, realizada há duas semanas, que autorizou Estados do Nordeste a comprar uma quantidade equivalente até a 1% da população. 

Para Mato Grosso, o limite ficou um pouco acima de 2%. Porém, o governo do Estado ainda não confirmou quantas doses vão ser adquiridas. Na semana passada, o governador Mauro Mendes disse que a equipe jurídica está em negociação com o fundo russo responsável pela venda. 

Além de Mato Grosso, outros seis Estados receberam autorização: Rio Grande do Norte, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás. Assim como para o primeiro grupo, esses estão terão que seguir algumas regras. 

Adultos saudáveis

As principais condições preveem que a vacina deverá ser utilizada apenas para a imunização de indivíduos adultos saudáveis, e todos os lotes importados poderão ser usados após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS). 

A Anvisa também cobrou o envio de relatórios periódicos de avaliação benefício-risco da vacina. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCovid: diário da vacina #19
Próximo artigoAdolescente é apreendido por roubar, matar e tentar queimar corpo de idoso em MT