Adolescente é apreendido por roubar, matar e tentar queimar corpo de idoso em MT

Idoso foi morto com tiro e golpe no tórax em sítio que morava

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Um adolescente de 16 anos foi apreendido nessa terça-feira (15), em Comodoro (645 km de Cuiabá), por roubar, matar e tentar queimar o corpo de um idoso de 81 anos, identificado como Pedro Simão da Costa.

O crime ocorreu em 21 de fevereiro deste ano e causou comoção social devido à forma como foi cometido e pela vítima ser muita querida na cidade.

Pedro Simão era caseiro no sítio em que foi morto, localizado em Campos de Júlio (580 km de Cuiabá). Após chegar no sítio, foi surpreendido por duas pessoas, uma delas o adolescente apreendido. Um deles atirou no rosto do idoso e o outro deu um golpe no tórax dele.

O idoso chegou a tentar correr para fora da casa, mas acabou caindo após perder muito sangue. Em seguida, ele foi arrastado para dentro da residência e os dois bandidos atearam fogo no local, com o intuito de ocultar o cadáver e destruir as provas e evidências do local para atrapalhar as investigações. As chamas, no entanto, não queimaram o corpo do idoso.

Investigações

Depois do crime a Polícia Civil de Campos de Júlio recebeu uma denúncia anônima informando que pessoas haviam sido vistas saindo correndo do sítio em que o crime ocorreu, por volta das 16 horas.

Uma equipe de investigadores da PJC, coordenada pelo delegado Ricardo Sarto, deu início às investigações e conseguiu chegar aos autores dos crimes, dois adolescentes e dois adultos.

Os policiais foram até a casa deles e notaram que um dos suspeitos estava com um corte na mão. Ele entrou em contradição ao explicar onde teria sofrido a lesão.

Depois, um dos suspeitos acabou confessando o crime e mostrou onde havia escondido as roupas que utilizava no momento do latrocínio, que estavam no forro da residência e com marcas de sangue.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos relataram que a mulher e a adolescente ficaram de campana na frente da propriedade para avisar caso a vítima ou alguém estivesse vindo e eles pudessem ser surpreendidos, pois a intenção era realizar um furto. Dois dos envolvidos, conforme a investigação, fazem parte de uma facção criminosa.

“Na ganância por dinheiro, os suspeitos em princípio tinham o intuito de praticar um furto na residência da vítima. Foi um crime bárbaro e hediondo que trouxe comoção entre os moradores, pois a vítima era muito conhecida e querida na cidade”, disseram os investigadores.

Prisão

Os autores do crime foram autuados por roubo seguido de morte (pena de reclusão de 20 a 30 anos), tentativa de destruição e ocultação de cadáver, incêndio e corrupção de menores. Os adolescentes respondem pelos crimes análogos a latrocínio, tentativa de destruição e ocultação de cadáver e incêndio.

Um dos adolescentes, de 16 anos, foi apreendido nessa terça-feira (15) em Comodoro. Segundo o delegado Ricardo Marques Sarto, na cidade o adolescente é suspeito de mais um crime, uma tentativa de homicídio ocorrida na sexta-feira (11).

Ele foi localizado na casa da namorada, no Loteamento Cidade Verde, encaminhado para a delegacia e ficou à disposição da Justiça.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAnvisa autoriza Mato Grosso a comprar até 71 mil doses da Sputnik V
Próximo artigoLoteamentos de chácaras são interditados em Sinop