TJ mantém ação de improbidade contra e ex-prefeito de Araguainha

José Ocifarne Ferreira é acusado de usar o dinheiro de um convênio sem prestar contas da forma correta

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Ex-prefeito de Araguainha (355 km de Cuiabá), José Ocifarne Ferreira e o secretário de Finanças em sua gestão, Kleber Alves Pereira, vão responder pelo crime de improbidade administrativa. Eles são acusados de usar indevidamente cerca de R$ 9,1 mil que deveriam ser aplicados no Fundo de Assistência Social.

Em maio do ano passado, a denúncia do Ministério Público sobre a questão foi aceita pela Justiça e, agora, os acusados tentaram impedir a continuidade do processo, justificando falta de provas, no Tribunal de Justiça.

Contudo, os desembargadores foram unanimes em manter o andamento do processo, que é referente a um convênio firmado em 2012, último ano de Ferreira à frente da prefeitura.

Consta na denúncia do Ministério Público que o dinheiro deveria ser investido no Fundo de Assistência Social, porém foi encaminhada para a conta da prefeitura, onde passou por movimentações sem nenhuma prestação de contas.

Um dos servidores chegou a falar em testemunho que acredita que o valor foi usado em ações sociais, entre elas bailes da 3ª idade, porém não há documentação que comprove.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá vai remanejar vacinas para garantir segunda dose a profissionais da saúde
Próximo artigoEm dois meses, preço da gasolina sobe de R$ 4,69 para R$ 5,19 em Cuiabá