SPC, Serasa e cartórios vão ter que esperar 45 dias para negativar inadimplentes

Regra vai durar enquanto persistir o estado de calamidade provocado pela pandemia de coronavírus em Mato Grosso

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Consumidores que estão inadimplentes terão um prazo a mais para se organizar e até evitar que seus nomes sejam negativados em Mato Grosso. O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou a Lei 11.178, que estabelece novas regras temporárias para quem não está conseguindo honrar os compromissos financeiros.

A nova lei determina que as empresas de proteção ao crédito, inclusive os cartórios de protesto em Mato Grosso, só poderão negativar o nome do consumidor inadimplente após 45 dias da data de vencimento daquela dívida.

Essa regra vai valer enquanto perdurar o estado de calamidade pública provocado pela pandemia de coronavírus.

LEIA TAMBÉM

Na regra anterior – que está temporariamente suspensa – as empresas como SPC e Serasa poderiam incluir o nome do consumidor nos cadastros de inadimplentes e serviço de proteção ao crédito 10 dias depois que a pessoa tivesse sido notificada sobre a inadimplência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia investiga páginas no Twitter e Instagram que acusavam homens de estupro
Próximo artigoAnvisa proíbe venda de ivermectina e cloroquina sem receita médica