Na contramão da crise chef abre pizzaria delivery: “confie na qualidade”

Wilson Miranda saiu do ramo das festas de casamento - agora praticamente extintas - e reinventou uma tradição familiar

(Foto: Reprodução)

A pandemia da covid-19 e, principalmente, as medidas que governos vêm tomando para tentar detê-la já foram responsáveis pelo fechamento de mais de 6 mil empresas em Mato Grosso. Mas o chef de cozinha Wilson Miranda não está nessa estatística. Ele abriu um negócio em meio à crise.

Antes no ramo das festas de casamento e aniversários de 15 anos – agora praticamente extintos, já que não se pode provocar aglomerações -, ele se reinventou em uma pizzaria que atende exclusivamente no sistema delivery.

LEIA TAMBÉM

Se reinventar e tentar minimizar os efeitos da crise econômica é exatamente o conselho  do Sebrae. E embora o setor da alimentação fora do lar tenha sido um dos mais atingidos com o isolamento social, o delivery é o responsável pelo sucesso de 92% das empresas que conseguiram aumentar seu faturamento.

Momento de reinvenção

Wilson Miranda inaugurou na semana passada a Donna Oliva Pizzaria. E a decisão veio embalada na tradição familiar. Seu avô – no passado – trabalhou no mesmo seguimento e foi pioneiro.

“Já adorava pizza. Agora que estou nesse ramo, fico cada dia mais apaixonado. Todo dia quero colocar uma coisa nova no cardápio”, ele conta, pontuando que o avô é uma inspiração.

Investimento financeiro e confiança

O investimento foi alto. Somente com os fornos, Wilson precisou gastar cerca de R$ 50 mil. Mas a experiência de 15 anos no mercado tem ajudado o novo negócio.

E Wilson já tem colhido os frutos. Em quatro dias de funcionamento, foram 271 pizzas vendidas. Um fluxo que fez com que mais entregadores fossem contratados.

“Acredito muito no potencial do negócio. Trabalho só com produto de qualidade, minha farinha é importada, por exemplo. Fiz curso de fermentação em uma escola francesa e diversos outros. Não tem como dar errado quando se confia no produto. Mas é claro: não pode se acomodar”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de MT deixa na mão de prefeitos abertura de academias, salões e barbearias
Próximo artigoVou de bike: pandemia e fechamento de academias tornam o ciclismo a bola da vez

O LIVRE ADS