Mato Grosso gastou 10% da receita com a pandemia no primeiro semestre

Mato Grosso é o 24º estado brasileiro em gastos com saúde durante a pandemia

(Foto: Maros Vergueiro/Secom-MT)

Mato Grosso é o 24º estado brasileiro em gastos com saúde durante a pandemia. O volume de recurso destinado ao combate ao novo coronavírus somou cerca de 10% da receita corrente líquida no primeiro semestre. 

Essa quantia coloca Mato Grosso na antepenúltima posição na lista dos 26 estados e uma posição acima se for incluído o Distrito Federal. Os números fazem parte de levantamento divulgado nesta segunda-feira (10) pelo G1. 

Na região Centro-Oeste, Mato Grosso aparece em último lugar. O vizinho Mato Grosso do Sul destinou 10,9%, Goiás, 12,9% e o Distrito Federal 15,58%. 

Esses dados contrastam com o volume de arrecadação de Mato Grosso, que cresceu na casa 15% no primeiro semestre e ficou em R$ 4,5 bilhões. 

Gastos mensais 

Conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), até a primeira quinzena de julho haviam sido gastos R$ 890 milhões em medidas para a prevenção e o combate do contágio. 

Os valores, apesar de ser menores do que a maioria das unidades federativas, representou alta nos gastos de Mato Grosso em saúde. A SES aponta que houve gasto crescente na área desde janeiro. 

Começou o ano com R$ 17 milhões, saltou para R$ 135,8 milhões em fevereiro, depois para R$ 177 milhões em março. Houve recuo nos dois meses seguintes, R$ 161 milhões em abril e R$ 139 milhões em maio. E fechou o semestre com R$ 185 milhões em junho. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDe folga, policial mata homem que apontou arma para cabeça de comerciante
Próximo artigoHomem que queria atacar prefeito de Cuiabá é baleado ao tentar fugir de cadeia