Governo vai lançar programa de R$ 105 milhões para acelerar cirurgias agendadas

Governador Mauro Mendes diz que programa será lançado nesta quinta-feira (15) dentro do Mais MT

(Foto: Elza Fiuza/ABr)

O governo de Mato Grosso deve criar um fundo de R$ 105 milhões para acelerar os serviços de cirurgias eletivas, travados desde o início da pandemia. O fundo deve ser usado como programa de financiamento de serviços, com a participação de hospitais privados. 

Em entrevista nesta quarta-feira (14), o governador Mauro Mendes disse que o fundo deve ser lançado nesta quinta-feira (15) e integrará o pacote de investimento Mais MT. 

“É historicamente o maior programa para recuperar o tempo que lamentavelmente gastamos direcionados ao tratamento da covid-19″, disse. 

Piora na pandemia

As cirurgias eletivas, procedimentos realizados de acordo com agendamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), estão suspensas há quase 16 meses. Até janeiro, mais de 24 mil já estavam na fila à espera. 

Antes da paralisação, o tempo médio de espera por atendimento estava em 493 dias (16 meses). No início deste mês, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicou uma portaria autorizando a retomada dos serviços. 

As cirurgias mais requisitadas são cardiovascular e ortopédica. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá entra em alerta laranja por causa da baixa umidade do ar; veja cuidados
Próximo artigoCâmara Federal aprova projeto que proíbe despejos até fim de 2021