Gisela Simona: conheça os candidatos a prefeito de Cuiabá

Ex-diretora do Procon diz que má gestão e comprometimento de gestores públicos com grupos econômicos causam problemas

(Foto: O Livre)

De seus 43 anos, Gisela Simona Viana de Souza (Pros) passou 12 como diretora do Procon de Mato Grosso. E foi nesse tempo, como defensora dos direitos do consumidor, que diz ter aprendido a enxergar os problemas de Cuiabá e os limites dos órgãos públicos.

Uma experiência que, hoje, a faz candidata a prefeita da Capital. 

Gisela afirma que saneamento e transporte público são problemas crônicos em Cuiabá, criados por má gestão combinada com dependência de gestores com grupos empresariais.

LEIA TAMBÉM

Formada em direito pela Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) em 1995, foi aprovada em concurso para consultora no Procon há mais de 13 anos e exerceu também a função de gestora executiva no órgão. 

Para ela, a ligação financeira que seguidos gestores formam já na fase de campanha comprometem os serviços públicos com melindro jurídicos sobre as atribuições de prestação de serviços que as empresas são responsáveis. 

As concessões de serviços públicos são mal pensadas e isso gera problemas sérios para o cidadão. Em todo lugar há problemas, mas os característicos de Cuiabá são as concessões feitas sem o cuidado para atender as várias etapas de atendimento. O mesmo acontece com o transporte público”, afirma. 

O que pretende na política?

Como gestora do Procon, Gisela diz que os problemas diários são resolvidos por etapas e se repetem por limitações jurídicas. A candidatura à prefeitura é apontada por ela como uma ampliação da capacidade de intervir, e de maneira aprimorada, em problemas de leis e de execução dos serviços. 

Gisela chega à eleição municipal impulsionada pela campanha em 2018 a deputada federal, pleito em que recebeu 50.682, mais da metade em Cuiabá.

A pré-candidata diz ver na sua origem – nascida em Cuiabá e com pais nascidos na Baixada Cuiabana – o motivo para a adesão à sua candidatura. 

“As pessoas querem que alguém que conheça os problemas de Cuiabá, aqui nasceu, que viveu esses problemas, as represente. Recebi mais de 33 mil votos em 2018 de pessoas que votaram em mim e que motivaram a tentar a prefeitura”, afirmou. 

Mulher e negra, Gisela Simona têm características proeminentes no cenário político moderno sobre raça e gênero. Contudo, ela diz que não faz política para segmentos, busca “representar a todos”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCerrado perde área com 30 vezes do tamanho de Cuiabá em 18 anos
Próximo artigoSecretário-adjunto é preso em flagrante com R$ 20 mil de suposta propina