Gestante em trabalho de parto é levada para maternidade de viatura

Policiais militares transferiram a mulher do carro para a viatura na Avenida do CPA; menos de 10 minutos depois da entrada no hospital o bebê nasceu, um menino.

Foto: Cia Palácios/PMMT

No início da noite desta segunda-feira (23.04), três policiais da 4ª Companhia de Polícia Militar do Palácio Paiaguás, em Cuiabá, tiveram uma missão diferente: resgatar uma gestante em trabalho de parto do meio do engarrafamento da Avenida Rubens de Mendonça (do CPA) e transportá-la até a maternidade mais próxima.

Os soldados Mascarenhas, Ormond e Cardoso, faziam policiamento ostensivo nessa avenida, nas proximidades do ponto de ônibus da frente do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), quando perceberam o desespero de um motorista. O homem estava no meio do engarrafamento, entre carros e ônibus, acenando com as mãos para fora do carro pedindo ajuda.

Ao aproximar do veículo os policiais viram que a esposa do condutor, Edilene dos santos Silva, 22, estava em trabalho de parto e o bebê poderia nascer ali, dentro do carro. Era praticamente certo que não teria tempo para chegar à maternidade se o marido prosseguisse em um carro comum.

Os policiais então transferiram a gestante para a viatura e com sirenes e sinais de luzes ligados foram abrindo caminho no trânsito até o Hospital Júlio Muller. Lá, menos de 10 minutos depois eles ouviram o choro do bebê, um menino, que acabara de nascer.

Há menos de três anos na carreira policial, o soldado Mascarenhas disse que durante essa ocorrência sentiu que estava fazendo algo comprometedor e ao mesmo tempo muito gratificante. Primeiro pela responsabilidade de chegar ao hospital antes do parto, depois, por concluir a missão em segurança para mãe e filho.

A principal preocupação de Mascarenhas e seus colegas, Ormond e Cardoso, era que a mãe e a criança tivessem assistência médica, fossem atendidas em ambiente adequado e seguro para ambas. Antes de deixar a maternidade os policiais foram convidados pela mãe a conhecer o bebê e eternizar o encontro com uma fotografia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIndivíduo é detido em ônibus coletivo com meia barra de maconha
Próximo artigoConselho Federal obriga chapa ao Creci-MT a retirar banner com propaganda enganosa

O LIVRE ADS