|sábado, 21 abril 2018

Empresário alerta sobre risco de desabamento de casarão histórico

COMPARTILHE COMPARTILHE

Ednilson Aguiar/Olivre

 centro histórico de Cuiabá

O empresário Wellington Jesus, dono de loja de artigos religiosos, acredita que parede pode ruir

Mais um casarão histórico do Centro de Cuiabá tem sido alvo de preocupação, especialmente, dos vizinhos. A casa nº 79 da rua Pedro Celestino, incorporado ao patrimônio do município sofre com a ação do tempo e para alguns, com o descaso.

“A Prefeitura não cuida e o local se transformou em um criadouro de mosquito da dengue, além de um risco a quem passa por esta calçada”, diz o proprietário da loja ao lado do casarão, Wellington Jesus Costa. Ele vai apontando as pedras de concreto que caíram da estrutura e por sorte, não machucaram ninguém.

Ednilson Aguiar/Olivre

 centro histórico de Cuiabá

Segundo ele, dois funcionários do estacionamento ao lado já ficaram doentes e um terceiro, estaria afastado por suspeita de zika. Mas o maior dos problemas, segundo Wellington, é o risco de uma das paredes desabar sobre a sua loja. “A parede do meio caiu e há risco de outro da estrutura, que fica ao lado da minha parede, vir abaixo. Posso perder tudo. Já falei com o IPDU, já falei com várias pessoas e eles só vão passando a gente para outra pessoa”, lamenta.

Em entrevista ao Livre, o secretário de Município de Cultura, disse que quanto a esse casarão, a Prefeitura já avançou em algumas situações, como a limpeza e a proteção com lona. “Porém, teremos que realizar nova licitação. Os anos se passaram e o objetivo da obra foi mudando ao longo do tempo e novos ajustes foram solicitados pelo Iphan. Já falei com o secretário de obras e vamos realizar ações emergenciais”, garantiu.

Ednilson Aguiar/Olivre

 centro histórico de Cuiabá

Registro feito pela fresta da porta da frente

 

“Quando a licitação ficar pronta, quando liberarem a verba, já caiu a casa em cima de gente, já caiu minha loja, não vai adiantar mais nada. É muita enrolação”, disse o empresário Wellington.

Ednilson Aguiar/Olivre

 centro histórico de Cuiabá

 

Michel Alvim

Casarão 79

Registro de 2014. Casa ocupada á época, já estava com estrutura em aparente declínio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Terceira mulher é estuprada próximo à Unemat de Sinop

Comerciante reage a assalto, tira arma de bandido, mata um e fere outro

Taques chama Pivetta de preconceituoso e o compara a escravocratas

Clarice Lispector e irmã escreviam manuais para “amansar” empregadas, relembra pesquisadora da UFMT

X