Desemprego recua e MT está em segundo lugar no ranking nacional

Os números, no entanto, só são esses por causa do crescimento da informalidade

(Foto: Reprodução)

A média de desempregados caiu um 16 Estados brasileiros e Mato Grosso é um deles. Aparece empatado com o Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul na segunda colocação. A lista é liderada por Santa Catarina.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios–Contínua (PNAD-Contínua), divulgada nesta sexta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Santa Catarina, a média de desemprego ficou em 6,1%. Em Mato Grosso e nos outros dois Estados que estão na mesma colocação, foi de 8%.

A pesquisa revela, entretanto, que 20 Estados tiveram taxa recorde de informalidade, isto é, os empregados sem carteira assinada, os trabalhadores por conta própria e ainda aqueles que vivem de auxílio prestado por familiares.

LEIA TAMBÉM

Atualmente, há no país 12,6 milhões de desempregados. Os maiores percentuais foram observados no Amapá (17,4%) e na Bahia (17,2%).

E cerca de 25% dessas pessoas estão à procura de emprego há dois anos ou mais. Um contingente chega a 2,9 milhões de brasileiros.

A pesquisa do IBGE revelou ainda que a taxa de desemprego entre os homens (9,2%) é menor do que a observada entre as mulheres (13,1%).

Uma disparidade que também pode ser observada entre brancos, que tiveram uma taxa de desemprego de 8,7%, e pretos (13,5%) e pardos (12,6%).

(Com Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComo “julgar” o Papa que recebeu Lula?
Próximo artigoDez anos depois, pai descobre que filha foi estuprada aos seis anos de idade

O LIVRE ADS