Covid-19: sete hospitais públicos de MT já estão com UTIs lotadas

Estado tem 244 pacientes internados, sendo 136 estão em leitos de terapia intensiva. Nas últimas 24 horas, 326 novos casos foram diagnosticados

Imagem ilustrativa (Foto: Freepik)

Sete das 14 unidades de saúde que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso estão com as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) lotadas. Trata-se de leitos destinados exclusivamente a pacientes da covid-19.

Ao todo, o Estado tem 244 pacientes internados. Desse total, 136 estão em tratamento intensivo.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), não há mais vagas nos hospitais regionais de Sinop, Rondonópolis e Sorriso e nem no Hospital São Luiz, que fica em Cáceres.

No Pronto Socorro de Várzea Grande, na Santa Casa de Rondonópolis e no Hospital Julio Müller, na Capital, a situação é a mesma.

Somados os leitos, as unidades dispõem de 61 vagas em UTIs.

A taxa de ocupação dos leitos em Mato Grosso é superior aos 70%. Com o indicador, o Estado caminha para o colapso no sistema de saúde. Um alarme já soado pelo próprio secretário estadual, Gilberto Figueiredo.

LEIA TAMBÉM

O boletim diário desta quinta-feira (11) emitido pelo governo aponta que o Estado soma – desde o início da pandemia – 5.086 casos de covid-19. Desses, 163 evoluíram para óbito.

Somente nas últimas 24 horas, 326 novos casos foram diagnosticados. Cuiabá e Várzea Grande concentram a maior parte deles.

Os outros casos recém diagnosticados estão em municípios do interior como Alta Floresta, Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Primavera do Leste e Porto Esperidião, que registraram alta nos casos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO futebol está voltando! Chegou a vez da Espanha
Próximo artigoFeto é encontrado por funcionários de sistema de esgoto de Cuiabá