Cantor Seu Jorge é vítima de ataque racista no Instagram

Elie Andrade/Divulgação

Seu Jorge

O cantor Seu Jorge foi alvo de um ataque racista em seu perfil no Instagram. Durante uma transmissão ao vivo do artista, um internauta identificado como @hduartescp se referiu a ele como “preto de merda” e disse que “o mundo está infestado de pretos”. Seu Jorge reagiu aos comentários, postando as ofensas na rede social na madrugada deste domingo.

“Esse cara aqui @hduartescp entrou na minha transmissão ao vivo pra destilar o seu venenoso racismo contra minha pessoa me ofendendo de graça sem eu nunca tê-lo visto em toda minha vida! O que vcs acham que eu devo fazer a respeito desse assunto? Alguma sugestão? Só não vale o famoso deixa pra lá!”, questionou a seus seguidores.

O cantor foi incentivado pelos fãs a denunciar o episódio. “Tem que denunciar, buscar seus direitos e mostrar pra seres ‘humanos’ como esses que eles não ficarão impunes e que estão cometendo crime e têm que ser responsabilizados”, disse a internauta @millarecife.

Em um diálogo durante a mesma transmissão, o agressor responde com outra frase racista: “Foda-se. O mundo está infestado de pretos”. Seu Jorge se mostrou indignado e chamou a atenção para o comentário na rede social.

“Mais uma do mocinho @hduartescp pra não dizer depois que nós os negros somos paranoicos e cheios de mimimi!! Esta aí pra todo mundo ver, e olha que ele conseguiu fazer isso a mais de 10.000 km de distância… imagina como deve ser na vizinhança dele, na escola, com os empregados dele no futuro…”, escreveu.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor para saber se ele fará uma denúncia, mas ainda não obteve retorno.

(Com Agência Estado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAposta de MT leva R$ 913 mil na Lotofácil
Próximo artigoPara 73% dos leitores, deputados deveriam usar emendas da cultura para preservar patrimônio histórico