Apoio do PP a Silval Barbosa custou R$ 7 milhões, diz Riva

Compra de apoio foi revelada em delação; MPE abre inquérito para investigar caixa 2 de Walter Rabello

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Ministério Público de Mato Grosso (MP) instaurou inquérito civil para investigar a suspeita de que o ex-deputado estadual Walter Rabello (já falecido) tenha sido favorecido com caixa 2 na campanha eleitoral de 2010.

A investigação aberta pelo promotor de Justiça Arnaldo Justino da Silva se fundamenta em um depoimento do ex-deputado estadual José Riva nos autos de uma colaboração premiada já reconhecida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Nos termos de declaração, Riva detalhou que o apoio do Partido Progressista (PP) a candidatura de Silval Barbosa ao governo do Estado nas eleições de 2010 custou R$ 7 milhões.

Na época, o então deputado federal Pedro Henry, mandatário do PP, numa articulação conjunta com José Riva, cobrou R$ 7 milhões: uma “ajuda de custo” para financiar candidatos do PP à Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

De acordo com Riva, o dinheiro foi pago via caixa 2, quando não é declarado perante à Justiça Eleitoral, da seguinte forma: R$ 3,850 milhões para a campanha de oito candidatos a deputado federal e R$ 3,150 milhões para a campanha de 23 candidatos a deputado estadual.

O promotor de Justiça Arnaldo Justino da Silva determinou que as diligências sejam feitas em segredo de Justiça e requereu a notificação do ex-governador Silval Barbosa para que responda se repassou ou não a quantia de R$ 7 milhões em favor do Partido Progressista.

O ex-deputado estadual José Riva também foi notificado para informar se a quantia de R$ 7 milhões foi distribuída de forma igualitária a todos os candidatos do PP nas eleições de 2010.

Ainda foi ressaltado que mesmo com o falecimento de Walter Rabello, o ex-deputado estadual pode perfeitamente ser investigado diante dos indícios de improbidade administrativa. Assim, se for oferecida denúncia, responderão pelo ressarcimento os sucessores até o limite da herança, nos termos da legislação.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPartidos são os maiores financiadores dos candidatos a prefeito de Cuiabá
Próximo artigoChapada dos Guimarães recebe 6º Festival de Pipas neste final de semana