Volta às aulas: governo transfere decisão para prefeitos e abre caminho para escolas particulares

Pelo menos 40 cidades do interior não registraram um caso suspeito sequer do novo coronavírus desde o início da pandemia

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A data para o retorno às aulas presenciais em escolas particulares de Mato Grosso será definida individualmente por cada prefeitura. O governador Mauro Mendes (DEM) distribuiu a decisão, nessa terça-feira (2), com a justificativa de que o quadro do contágio do novo coronavírus varia entre os municípios.  

A delegação individual tende a criar calendários diferentes para a condução do restante do ano letivo, tanto das escolas municipais quanto para as particulares. 

As aulas presenciais em Mato Grosso, nas duas redes, estão suspensas desde o dia 23 de março. Contudo, desde então, cerca de 40 municípios ainda não registram nem caso suspeito da covid-19. 

A interiorização do contágio começou a acelerar a cerca de três semanas. Ainda assim, as entidades gestoras buscam adiar o retorno das atividades nas escolas para agosto.  

Se temos um nível diferente de contaminação, as medidas mais restritivas têm que ser diferentes em cada um desses 141 municípios. Vamos continuar repassando aos prefeitos para que analisem o cenário local de suas cidades. Temos que dar tratamento diferenciado para cada realidade”, defendeu o governador. 

Essa autorização deve gerar pressão, por exemplo, em Cuiabá, onde o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino defende que as aulas na rede privada sejam retomadas a partir do dia 15 deste mês.  

Escolas públicas

Conforme Mauro Mendes, as aulas em escolas públicas continuarão suspensas.  

Na rede pública, governo e prefeituras deverão manter as medidas de ensino à distância, como transmissão de as aulas pela TV ou internet, disponibilização de apostilas e kits-alimentação aos estudantes. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFuncionário de papelaria é preso por abusar sexualmente de menino de 13 anos
Próximo artigoRiva confirma delação

O LIVRE ADS