Um terço dos municípios de Mato Grosso vai imunizar menos de 100 habitantes

Araguainha vai receber apenas 28 doses para iniciar campanha contra a covid-19 e outros 49 terão até 50 doses

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A maioria dos 141 municípios de Mato Grosso deve iniciar a campanha de vacinação contra a covid-19 na quinta-feira (21) e mais de um terço deles vai conseguir imunizar menos de 100 habitantes.  

O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Marco Antônio Noberto, aprovou nesta terça-feira (19) o plano de distribuição das 126 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado.  

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que já iniciou a distribuição. Os municípios vão receber esta semana somente o quantitativo da primeira dose. A vacina para a segunda dose deverá ser entregue cerca de 10 dias após a primeira entrega. 

“Alguns municípios só vão começar a receber amanhã, e depende da decisão de cada um deles de quando vai começar a vacinar, mas acredito que na quinta-feira (21) a maioria deles esteja pronta e que até o fim de semana a campanha já esteja em andamento em todos”, disse Marco Antônio. 

O plano de distribuição elaborado pela SES segue o plano nacional de imunização, que prioriza os profissionais de saúde e, se for o caso, as pessoas com 60 anos ou mais, que estejam institucionalizadas, como em abrigo ou asilo. 

Indiavaí (365 km de Cuiabá) será o município com menor quantidade de vacina, com 28 unidades para a primeira dose. A prefeitura vai conseguir imunizar 26 profissionais de saúde e dois idosos com 60 anos de idade ou mais institucionalizados. A cidade tem 2.779 habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Luciara, Porto Estrela, Ponte Branca, RibeirãozinhoCurvelância, Glória D’Oeste, Nova Santa Helena, Vale de São Domingos, Araguainha, São José do Povo, e Santo Afonso vão receber entre 30 e 50 doses. Outros 49 municípios vão receber entre 51 e 100 doses. 

Cuiabá recebe 17.184, Várzea Grande 4.506, Rondonópolis 9.956 e Sinop 7.719. Conforme o plano estadual de imunização, todos os municípios vão avançar para além do grupo do de profissionais de saúde, apesar de boa parde se manter abaixo de 50 pessoas do segundo grupo prioritário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMarcel Van Hattem descarta possibilidade de Impeachment de Bolsonaro
Próximo artigoCinco motivos por que o Cuiabá vai chegar à elite do futebol brasileiro