TJ cassa liminar e posto volta a comprar exclusivamente da BR distribuidora

BR Distribuidora alegou que um pacote de medidas será empregado para ajudar os clientes

(Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O Tribunal de Justiça cassou a liminar que autorizava o Posto Amazônia a quebrar o contrato de exclusividade com a BR Distribuidora e adquirir insumos de outras empresas. O efeito suspensivo foi concedido pelo Desembargador Guiomar Teodoro Borges, nesta sexta-feira (dia 3), após apresentação de recurso pela BR.

LEIAM TAMBÉM:

Com a decisão, o desembargador faz valer a cláusula de exclusividade, entendendo que “as contratações permanecem hígidas e o cumprimento do pactuado há de ser preservado, especialmente se não demonstrado, de forma suficiente, elementos aptos a prescreverem eventuais alterações das referidas pactuações, notadamente de efeitos bruscos.”

Ele destacou ainda que a BR mostrou-se sensível à situação vivenciada não somente pela autora agravada, como também por todos os segmentos da sociedade, e adotou, conforme comprovou com o documento juntado ao agravo, um pacote de medidas para minimizar os impactos sobre os negócios que desenvolve com seus parceiros.

Neste cenário complexo, a BR enfatiza que tem tomado algumas medidas junto aos fornecedores e clientes com base no espírito colaborativo, unindo forças para minimizar o impacto da crise em todos os atores envolvidos na cadeia de distribuição de combustíveis.

Além disso, a Companhia segue atuando intensamente na direção de atender a todos os setores que não podem parar neste momento de isolamento social, mantendo as melhores práticas de prevenção da saúde de seus colaboradores, fornecedores e parceiros e mantendo o atendimento das demandas de cada um, contribuindo, assim, com a mobilidade da sociedade como um todo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem fantasiado de “morte” divulga mensagem a idosos e é dispersado pela PM em Blumenau
Próximo artigoPrefeitura prorroga por mais 15 dias o fechamento do comércio em Cuiabá