Sono depois do almoço? Temos 5 dicas para você manter a produtividade sem sofrer

E para quem tem “mente aberta” para uma vida mais verde, ainda separamos duas receitas deliciosas

(Foto: Freepik)

Você finalmente acertou sua rotina no home office ou, quem sabe, já voltou a trabalhar no sistema presencial. Mas uma coisa ainda – e já vem de bem antes da pandemia – atrapalha sua produtividade: aquela sonolência que bate depois do almoço. Acertamos?

Essa lista, produzida pela Adidas Runtastic, promete ajudar. São alguns hábitos simples de mudar e, no fim dela, duas receitas especiais.

1. Olhe seu prato

O que você come tem influência direta sobre seu nível de cansaço. É “clichê”, mas é verdade: diminuir a quantidade de açúcar vai te ajudar a se sentir mais disposto ao longo do dia.

E não é só o doce, puro e simples. Alimentos com alto teor carboidratos simples, como massas e pães também.

Eles fazem o corpo libera mais insulina, o hormônio que reduz os níveis de açúcar no sangue. Quanto mais insulina, mais rápido o nível cai. E o efeito “do lado de fora” é o cansaço e a dificuldade de concentração.

2. Tome café da manhã

Comer demais na hora do almoço é um dos fatores que causam a sonolência. Sim, você fica simplesmente cansado com a atividade que fez para ingerir tudo aquilo.

Por isso, se alimentar corretamente assim que acorda é fundamental. Se você come direito de manhã, não vai precisar comer tanto no início da tarde.

3. Beba água

É quase pelo mesmo motivo que você deve tomar café da manhã. Às vezes, o corpo pode confundir sede com fome.

Então, se você bebe a quantidade correta de líquidos ao longo do dia, naturalmente, come menos.

4. “Sacuda a poeira”

É claro que ninguém vai fazer exercícios físicos intensos logo após uma refeição, ainda mais no meio do expediente. Mas “se mexer” de alguma forma pode ajudar a espantar o sono.

Vale uma caminhada naqueles minutinhos que sobram depois do almoço ou, se isso não for possível, um alongamento.

5. Tome café!

Parece óbvio porque realmente é, mas tem um porém. Se você vai escolher o velho e infalível cafezinho, tem que fazer isso logo após a refeição. E também não pode exagerar.

Tomar várias xícaras ao longo da tarde, no final das contas, só vai contribuir para você não ter sono quando precisar ter, ou seja, à noite.

Tem que esperar “fazer efeito”.

Alimentos que “cansam”

Além dos carboidratos simples outros tipos de alimento podem causar sonolência. Não quer dizer que você nunca mais vai consumi-los. Talvez só seja interessante mudar o horário.

Leite e queijos, carnes, peixes, cereais e castanhas contêm o aminoácido triptofano, que induz o sono.

E se você leu a lista pensando que não sobrou mais nada para comer no almoço, a Adidas Runtastic separou essas duas receitas.

Ratatouille e polenta cremosa

Curry de lentilhas vermelhas

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProjeto de lei: quem produzir fake news em MT poderá pagar multa de até R$ 10,4 mil
Próximo artigoCovid-19: baixos índices de proliferação não descartam colapso do sistema de saúde em Cuiabá