Savi critica delação e diz que Silval ainda tem R$ 800 milhões guardados

Ednilson Aguiar/O Livre

Mauro Savi

O deputado estadual Mauro Savi (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar o acordo de delação premiada firmada pelo ex-governador Silval Barbosa com a Procuradoria Geral da República (PGR).

Ele disse que o acordo firmado na Justiça, segundo o qual o ex-governador e seus familiares devolverão quase R$ 80 milhões, foi brando em relação aos desvios apontados na confissão.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DA DELAÇÃO

“O fato é triste e tem que ser apurado. Mais triste ainda é que os números [de desvios] cheguem a quase R$ 1 bilhão. O acerto é de R$ 70 ou R$ 80 milhões. [Silval] vai para casa tranquilo com R$ 800 milhões guardados. Esse [montante] sim tem que ser devolvido. O Ministério Público podia verificar quanto foi lesado dos cofres públicos e cobrar o dinheiro de volta”, discursou.

Compra de votos

Na delação, Silval afirma que, no fim de seu mandato como governador, Mauro Savi lhe pediu dinheiro para comprar votos na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.

Savi também é apontado como beneficiário do mensalinho pago aos parlamentares durante a gestão de Silval. Ele não aparece, no entanto, nos vídeos gravados por Sílvio Corrêa, então chefe de gabinete do governador. “Eu acho que a câmera, quando fui lá, estava estragada”, ironizou. 

O deputado afirmou que, se for condenado, vai responder por tudo. “Não estou nem me defendendo”, alegou. “Estou estarrecido que uma pessoa que se nomeou chefe de todo o comando faça um acordo, guarde o resto e vire santo”, disse.

Também mencionado na lista do suposto mensalinho, Sebastião Rezende (PSC) disse que está surpreso com a denúncia e que vai tomar providências jurídicas. “O relacionamento que eu tive com qualquer governador ou secretário sempre foi republicano”, discursou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIrmão de Silval relata suposta trama de Riva para matá-lo
Próximo artigoAssaltantes invadem casa, amarram vítimas e rabiscam pedido de desculpas na parede