|Quarta-feira, 23 maio 2018

    Porque cerveja artesanal é mais cara?

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Divulgação

    Cerveja

    Quando decidimos conhecer novas cervejas e experimentar a grande variedade de rótulos artesanais, o primeiro impacto é sempre o preço. Cervejas artesanais custam o dobro ou o triplo do preço de uma cerveja comum. Garanto que valem o que custam, mas antes, vamos entender esses valores.

    Para começar, uma cerveja artesanal ou especial é produzida com ingredientes de melhor qualidade e variedade, levam mais tempo na produção e normalmente são feitas por pequenas cervejarias. Só aí, já dá pra imaginar que o custo é mais alto, certo? Vou deixar mais claro. Cervejarias artesanais produzem vários estilos de cerveja e cada um tem uma receita distinta, e a grande maioria das receitas são produzidas com vários tipos de malte e lúpulo.

    O lúpulo, plantinha que conserva, garante aromas e amargores (falamos dele aqui) é sempre importado, portanto o custo já subiu. Cada variedade de malte tem seu valor e, quanto mais complexa a cerveja, mais variedades foram usadas. Além disso o tempo de fermentação e maturação dessas cervejas é mais longo, o que gera um custo cada vez mais alto para a cervejaria. Portanto uma cerveja artesanal custa mais para ser produzida e por isso também custa mais na gôndola. Mas não é só isso, ainda tem o grande vilão: a tributação.

    Antes de entrar nessa área de tributos, vou dar exemplos desses custos que falei antes. Uma cerveja do estilo Pilsen (a Pilsen de verdade, que falamos aqui), que é relativamente barata de produzir, vai custar em média cerca de 6 a 8 reais o litro, na cervejaria artesanal. Enquanto que uma American Standard Lager (aquela “tipo pilsen” de mercado) vai custar algo entre 60 e 80 centavos o litro numa mega-cervejaria. Portanto, é por isso que uma custa menos de dois reais na gôndola e a outra dez e, apesar de semelhantes, a primeira é muito superior à segunda.

    Além disso, ainda tem o peso dos tributos. Uma cervejaria de pequeno e médio porte, paga mais impostos do que uma de grandessíssimo porte. Isso porque há isenções e lobby dessas mega-cervejarias junto ao Estado. Cerca de 60% a 70% do valor da cerveja artesanal é feita de tributos, portanto ainda que houvessem impostos coerentes, uma cerveja de qualidade custaria mais que uma de baixa qualidade, mas não há essa coerência.

    Imagine que você vai fazer um churrasco. Prefere comprar picanha ou acém? Os dois podem ser usados, mas um dará um churrasco muito mais saboroso, mas vai custar mais caro. E uma feijoada? Prefere fazer uma com costelinha, calabresa e bacon, ou só com orelha de porco? De novo, haverá grandes diferenças de sabor e preço entre uma e outra. Por isso não leve em consideração apenas o preço da cerveja, porque o que importa é a relação custo x benefício.

    Você pode por exemplo, comprar grades e mais grades da mesma pálida e insossa cerveja de sempre ou usar o dinheiro para selecionar algumas garrafas de cervejas artesanais de estilos diferentes. A diferença é que no segundo caso, poderá explorar sabores e aromas e não terá ressaca no dia seguinte. Portanto é uma questão de consumo inteligente.

    Cervejas artesanais são mais caras porque valem o que custam, e compra-las é um investimento, já que te trarão uma experiência sensorial, o que é um ótimo retorno, além de ser um incentivo á quem gasta muito mais para entregar a você uma cerveja repleta de sabores. Saúde!

    Vinícius H. Masutti

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Policiais se revoltam ao prender “Pateta” andando de BMW

    Esposa é ameaçada pela amante do marido com ajuda de PM

    Em curso de mergulho, bombeiros fazem prova escrita embaixo d’água

    Idoso é preso e uma das acusações é o roubo de sua própria motocicleta

    Ladrões roubam carro em frente a escola e mãe tira filho de veículo às...

    X