Pista da Av. 8 de Abril é fechada após desabamento de contenção do córrego

Prefeitura disse que tem solicitado que Estado retome as obras de canalização, desde o ano passado

A Prefeitura de Cuiabá teve que interditar nesta quinta-feira (2) uma das pistas da Avenida 8 de Abril, localizada no bairro Verdão.  A erosão que tomou conta de parte da pista fez com que a lateral da contenção do Córrego Mané Pinto desabasse, causando riscos a motoristas e pedestres que passam pela região.

Apesar de estar localizada na Capital, a avenida é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), já que se trata de uma das obras construídas para a Copa do Mundo de 2014. Em nota, a Prefeitura de Cuiabá disse que tem solicitado que o Estado retome as obras de canalização do córrego desde o ano passado.

No entanto, a assessoria de imprensa da Sinfra explicou que o Governo inicialmente iria contratar emergencialmente a empresa Engeglobal, que entrou inclusive em processo de recuperação judicial. Mas uma medida judicial impediu que o contrato fosse firmado. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) conseguiu recorrer da decisão.

A Sinfra informou que a contratação emergencial já estava prevista, mas acabou não sendo realizada devido a uma decisão judicial que suspendeu a rescisão do contrato com a antiga empresa. Agora, por sua vez, a secretaria aguarda a notificação da PGE para chamar a Engeglobal e definir um cronograma de trabalho.

A pista seguirá interditada para evitar acidentes e novos desabamentos até que os reparos sejam feitos.

Recentemente, a pista da trincheira que dá acesso à Estrada da Guia e à Estrada de Chapada também foi interditada, após um buraco na alça lateral ter causado transtornos à motoristas.

Confira na íntegra a nota da Defesa Civil de Cuiabá sobre a interdição da 8 de Abril:

A respeito da interdição de na Avenida 8 de Abril a Defesa Civil informa que:

– Apenas meia pista foi fechada, como medida de segurança.

– Foi constatado que parte da lateral do córrego cedeu e que a erosão se aproximava do asfalto em alguns pontos.

– Devido ao fluxo na via, a medida foi adotada para afastar os veículos da borda do córrego, evitando assim deslizamentos e possíveis acidentes.

– Desde o último ano a Prefeitura de Cuiabá tem solicitado ao Governo do Estado a retomada das obras de canalização do Córrego.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArtistas e curadores de exposições do MACP participam de bate-papo com o público
Próximo artigoCena Onze apresenta nova temporada de “Mulheres da Terra”