Neri e Márcia concluem convenções sem nomes à suplência e vice

Candidata ao Governo de Mato Grosso, Márcia Pinheiro esteve no evento que lançou a candidatura de Neri Geller ao Senado

(Foto: Natália Araújo / O LIVRE)

Neri Geller homologou sua candidatura ao Senado e junto com mais 24 nomes do Partido Progressiata que disputarão os cargos de deputado federal e estadual. A convenção foi realizada nesta sexta-feira (5), em Cuiabá, porém, os nomes da suplência ao Senado ainda não foram revelados.

“Ainda estamos fechando, mas estamos bem encaminhados, precisamos definir a questão de um ou dois partidos”, explicou o candidato.

Quanto ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) – que decidiu não apoiar um candidato ao Senado oficialmente, mas “liberou” seus filiados a pedirem voto a quem preferirem -, Neri Geller disse ter se encontrado com o presidente, Carlos Bezerra, na tarde de ontem e ter recebido uma garantia.

“Ele me garantiu que o MDB estará conosco, então, não tenho porque questionar isso. Fizemos uma pré-campanha juntos e, certamente, faremos uma campanha eleitoral juntos também”, disse.

Sem nome do vice

A candidata ao Governo de Mato Grosso, Márcia Pinheiro (PV), também participou da convenção, uma vez que o partido ao qual é filiada está federado ao PP.

O nome de quem disputará o Palácio Paiaguás com a primeira-dama de Cuiabá, no entanto, também não foi divulgado na noite dessa sexta-feira. Segundo a candidata, isso ainda está em discussão e a escolha deve ser um consenso das legendas que apoiam o projeto.

Os nomes que ainda faltam, tanto para a suplência do Senado quanto para vice-governador devem ser apresentado neste sábado (6), o prazo final para realização das convenções partidárias era as 23h59 do dia 5.

Quanto à campanha eleitoral, Márcia afirmou que quer apresentar propostas para implantar um governo que pensará no social. A estimativa da candidata é fortalecer as ações sociais já realizadas em Cuiabá, expandindo para todo o Estado.

“Nós precisamos cuidar das pessoas. E esse é o nosso propósito: uma campanha limpa, respeitosa, levando propostas”, disse.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBuzetti na contramão
Próximo artigoUnião Brasil oficializa candidatura de Mauro Mendes a novo mandato