Mauro diz que para reajustar salário dos servidores teria que aumentar impostos

Governador eleito diz que Estado está "quebrado" e não pode haver novas despesas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) disse nesta terça-feira (13) que o Estado não pode criar novas despesas, o que inclui reajustar salários dos servidores públicos. O democrata afirma que para fazer novos reajustes teria que aumentar os impostos.

Mauro Mendes destaca ainda que a capacidade de investir do Estado de Mato Grosso é zero. “Se é para dar reajustes vamos ter que subir ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias). Ninguém aguenta mais isso, eu não aguento mais ouvir falar em aumento de impostos”, pontou o governador eleito, em entrevista à Rádio Capital FM.

Ele ainda fez um alerta sobre o impacto de possíveis aumentos nas despesas. O democrata disse que se a situação financeira do Estado piorar, o pagamento do salário pode passar a ser realizado depois do dia 10 do mês subsequente ao trabalhado.

Mauro tem utilizado o discurso de um Estado “quebrado”, pois é ciente de que a medida de não ajustar salário ou atrelar isso ao aumento de impostos é impopular. “Todos nós temos que ter consciência, não é questão de ser malzinho ou bonzinho. Temos que colocar as coisas no rumo certo”.

O pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), ao que tudo indica, parece que não será uma tarefa fácil para o governador eleito. “É uma equação muito difícil, mas vou conduzir com a verdade. Quando fui prefeito paguei a RGA, mas lá nós tínhamos condições”.

O democrata afirma que sabia da realidade econômica do Estado, de que a arrecadação é menor que as despesas. “Eu sabia um pouco disso, mas o trem é pior do que imaginávamos”, reforçou.

Leia mais:

Mauro Mendes avisa que expediente no Estado voltará a ser de 8 horas diárias

Mauro reduzirá estrutura do Estado para 15 secretarias e cortará 3 mil cargos – veja lista

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Civil deflagra operação contra traficantes que agiam próximo a escolas
Próximo artigoTesouro diz que 14 estados superam limite de gastos com pessoal

O LIVRE ADS