Mais de 1,3 mil na fila: CRM pede que hospitais retomem cirurgias eletivas

Recomendação é para hospitais criarem uma comissão para analisar e priorizar os casos urgentes

Foto: Reprodução

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) pediu que hospitais privados e públicos retomem os agendamentos de cirurgia eletiva, por causa do acumulo de demanda. 

Uma circular do Conselho foi publicada nessa terça-feira (25) com apontamentos de cuidados sanitários e tratando da necessidade que os serviços sejam retomados após cinco meses de paralisação. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que analisa com os gestores dos hospitais de referência em procedimentos cirúrgicos as condições para reinício do atendimento. 

Somente no Sistema Único de Saúde (SUS), mais de 1,3 mil pessoas aguardam o reinício dos agendamentos. Conforme a SES, há demanda para mais 420 tipos de cirurgias. 

Não há informação se esse número cresceu durante a pandemia.

As cirurgias que seriam realizadas por meio de agendamento foram suspensas pela SES em 17 de março, em decorrência do aumento de casos da covid-19 em Mato Grosso. 

Desde então, hospitais de referência nesse tipo de atendimento passaram a atender quase que exclusivamente pacientes da pandemia. É o caso do Hospital Santa Casa, em Cuiabá, e do Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. 

Situação favorável 

Conforme o CRM-MT, a situação agora é propícia para a retomada das cirurgias eletivas por causa da disponibilidade de equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros insumos hospitalares. O estoque ajudaria a cumprir as medidas sanitárias para proteção de pacientes e profissionais da saúde. 

Há recomendação para que os hospitais que retomarem as cirurgias criem uma comissão para analisar e priorizar os agendamentos de procedimento, considerando cada caso. 

Profissionais e pacientes devem passar por uma triagem para avaliar o contato direto ou indireto com contágio nos últimos 30 dias anteriores ao início das análises. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAções do Dia do Campo Limpo beneficiam mais de 1200 famílias em Mato Grosso
Próximo artigoTCE cumpre decisão do STF e reintegra Valter Albano