Justiça mantém bloqueio de R$ 1,92 milhão de ex-deputado federal

Eliene Lima é acusado de improbidade administrativa em desdobramentos de delações premiadas feitas por autoridades de MT

(Foto: Janine Moraes/Câmara dos Deputados)

A Justiça de Mato Grosso manteve o bloqueio de patrimônio do ex-deputado federal Eliene Lima em R$ 1,9 milhão.

A decisão do juiz da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular, Bruno D’ Oliveira Marques, foi publicada nesta quinta-feira (25) no Diário da Justiça.

A ação civil pública de autoria do Ministério Público Estadual (MPE) tramita em segredo de Justiça.

O magistrado rejeitou pedido da defesa para reconhecer a prescrição dos atos de improbidade administrativa, uma vez que, transcorreu prazo superior a cinco anos e a denúncia oferecida se fundamenta apenas em depoimentos de delatores que não deve ser utilizada como meio de prova para formação de culpa.

O ex-deputado argumentou ainda o desbloqueio das contas bancárias, pois detém natureza alimentar e pediu a nulidade das provas produzidas em inquérito civil formulado pelo Ministério Público.

“Não se sustenta a arguição de nulidade das provas obtidas no inquérito civil porque a própria existência do procedimento é facultativa”, diz um dos trechos da decisão.

Com relação ao pedido de desbloqueio da conta bancária, foi ressaltado que o ex-deputado anexou holerites referente aos meses de novembro e dezembro de 2019 para comprovar o recebimento de verbas de natureza alimentar, não atualizando os documentos.

Além disso, não foi feita qualquer relação da conta bancária bloqueada com o recebimento de verbas que serviriam para seu sustento pessoal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstado aciona Justiça para que Prefeitura de Cuiabá desbloqueie leitos de UTI para covid
Próximo artigoJustiça manda Prefeitura de Cuiabá reabrir UTIs covid-19 imediatamente