Durante roubo a residência, ladrões obrigam vítima a fazer pix de R$ 60 mil

Polícia Civil conseguiu recuperar o dinheiro e prender um dos suspeitos

Foto por: PJC-MT

Uma família foi vítima de um roubo na madrugada dessa segunda-feira (17) em Barra do Garças (520 km de Cuiabá) e, enquanto era mantida refém, os ladrões obrigaram um dos membros a fazer um pix de R$ 60 mil.

Segundo informações da Polícia Civil, dois homens armados invadiram a casa durante a madrugada e anunciaram o assalto pedindo por dinheiro.

As vítimas negaram que tivessem dinheiro na residência, então os criminosos pegaram o celular de uma das vítimas, uma mulher, e passaram a tentar fazer transações bancárias, enquanto mantinham toda a família refém, amarrada com fios.

Os ladrões roubaram documentos, carteiras, celulares e outros bens da família. Eles tentaram fazer uma transferência via TED no valor de R$ 50 mil, mas não foi autorizada. Porém, conseguiram fazer um pix de R$ 60 mil.

Assim que os bandidos fugiram, as vítimas conseguiram se libertar e chamar a polícia. Logo que acionada, a Derf de Barra do Garças acionou a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) para tentar recuperar o valor transferido.

Com as informações passadas pela vítima, a DRCI conseguiu realizar a apreensão do valor subtraído ainda na conta bancária de um dos envolvidos no crime. Com a identificação do suspeito, de 38 anos, os policiais conseguiram prendê-lo em flagrante poucas horas após o crime.

Ele foi conduzido à 1ª Delegacia de Barra do Garças, onde, após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime de roubo.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDeputados de MT poderão gastar quase R$ 12 mil a mais com funcionários
Próximo artigoForça Tarefa prende sete membros do núcleo contábil e financeiro do Comando Vermelho