Força Tarefa prende sete membros do núcleo contábil e financeiro do Comando Vermelho

Foram bloqueados R$ 10 milhões em contas bancárias e apreendidos mais de R$ 500 mil em espécie

(Foto: PF MT)

A Força Tarefa de Segurança Pública (FTSP/MT) deflagrou nessa segunda-feira (17) a Operação Mandatário, com o objetivo de descapitalizar a facção criminosa Comando Vermelho.

Objetivo da operação conjunta é cumprir 51 ordens judiciais contra a organização criminosa considerada a maior de Mato Grosso.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá e cumpridos na manhã dessa terça-feira (18) em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Ao todo, foram sequestrados 15 veículos e sete imóveis, também foram realizadas 10 ordens de bloqueio de contas bancárias e de investimentos, totalizando um valor estimado de cerca de R$ 10 milhões de reais.

Foram cumpridos ainda 12 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e até um escritório de contabilidade. Durante as buscas, além de documentos, foram apreendidos uma arma de fogo, joias de grande valor e mais de meio milhão de reais em espécie. Seis investigados foram presos preventivamente e um em flagrante.

De acordo com a Polícia Federal, os alvos fazem parte do núcleo contábil e financeiro do Comando Vermelho, com as funções de coleta e distribuição de valores.

A FTSP/MT consiste em uma força tarefa composta pela Polícia Federal, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e sistema prisional e tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado que atua no Estado do Mato Grosso.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDurante roubo a residência, ladrões obrigam vítima a fazer pix de R$ 60 mil
Próximo artigoJustiça arquiva processo contra filho de Lula na Lava Jato