|Segunda-feira, 21 Janeiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Drama do Samu: Governo contrata empresa em caráter emergencial para serviço não parar

Contrato no valor de R$ 2,8 milhões entra em vigor a partir desta quinta

COMPARTILHECOMPARTILHE

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, contratou a empresa Med Security Serviços Médicos EPP para gerir os serviços do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Mato Grosso. O contrato, em caráter emergencial, entra em vigor a partir desta quinta-feira (10) e possui validade de seis meses, no valor de R$ 2,8 milhões.

De acordo com o governo, o valor estabelecido no contrato é inferior ao praticado atualmente, representando economia aos cofres públicos.

Figueiredo explicou que a medida foi tomada para garantir a manutenção dos serviços prestados pelo Samu no Estado. Isso porque a antiga gestão da secretaria deixou de efetuar os pagamentos para a empresa que até então realizava o atendimento móvel de urgência. Consequentemente, a empresa também não remunerou os cerca de 60 médicos contratados, que estão há meses sem receber.

Além disso, há uma discussão jurídica entre as empresas que disputam a licitação cujo objeto é a prestação deste serviço. Desta forma, de acordo com o secretário, o contrato emergencial é necessário para garantir que o Samu continue a prestar atendimento enquanto a situação ainda está pendente de resolução.

Apesar da contratação de uma nova empresa, Figueiredo garantiu que os médicos que prestaram os serviços à empresa anterior serão devidamente remunerados.

“Nós vamos efetuar o pagamento ou por meio do repasse devido à empresa que até então prestava o serviço ou por meio de um procedimento interno. Também sugerimos à nova empresa que contrate estes mesmos médicos para dar continuidade a este trabalho”, afirmou.

Economia

O novo contrato trará redução de despesas ao Poder Público: o valor do plantão, que até então custava R$ 1.480 passa a ser oferecido por R$ 1.195. Por mês, isso resultará em uma economia de R$ 114.855 e, em seis meses, R$ 689.130.

Mesmo a um custo menor, os serviços oferecidos serão ampliados. De 316, os plantões mensais oferecidos passam a ser 403, um ganho de 27,5%.

Impasse jurídico

A licitação cujo objeto é a prestação de serviço de atendimento móvel de urgência havia sido vencida pela empresa Pró-Ativo Gestão da Saúde e Clínica Médica Ltda-Me.

Todavia, o conselheiro Moisés Maciel, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), determinou nesta semana a anulação do resultado da licitação. Ele também determinou que a empresa Neomed Atendimento Hospitalar Eireli – que havia ofertado gerenciar o serviço por um preço menor – fosse reabilitada no certame.

Desta forma, o secretário Gilberto Figueiredo cumpriu a decisão e o processo licitatório voltou para a fase de habilitação, necessitando ainda de outros trâmites legais para ser novamente concluído.

Saiba mais
Médicos do Samu denunciam 6 meses de atraso salarial e anunciam demissão em massa

Com assessoria

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Chances de chuva diminuem e temperaturas se elevam nesta semana em MT
Em busca de novas oportunidades? Confira 14 concursos públicos abertos
Cine Teatro exibe história de luta e rivalidade de duas lendas do boxe brasileiro
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Ministério Público pede que município amplie canil público e esterilize animais de rua
Deputado eleito entra com ação para garantir voto aberto em eleição da AL
MT é um dos seis Estados brasileiros considerados “quebrados”
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Senar-MT capacita mais de 50 mil pessoas em 2018
Licitação para Ferrogrão deve ocorrer até início de 2020, diz ministro da Infraestrutura
Programas de incentivo a agricultura familiar transformam vidas de agricultores no Nortão
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Ex-noiva de Freddie Mercury deve receber mais de R$ 150 milhões por Bohemian Rhapsody
Confira a lista completa de indicados ao Framboesa de Ouro 2019
O rei do Instagram, Carlinhos Maia se apresenta em Cuiabá
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Goiás decreta calamidade financeira nas contas públicas
Fux manda para 1ª instância pedido do MBL contra candidatura de Renan
Juízes e advogados fazem ato em defesa da Justiça do Trabalho em SP
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Em busca de novas oportunidades? Confira 14 concursos públicos abertos
Topa encarar desafios e busca oportunidade de emprego? Tem vaga na Stone Cuiabá
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
X