Cuiabá tem baixa procura de adolescentes pela vacina contra a covid-19

Prefeitura afirma que já aplicou a primeira dose em todos que se cadastraram e que ainda falta 50% do público esperado

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

A primeira semana de cadastramento foi um sucesso. Cerca de 26 mil adolescentes com idade entre 12 e 17 anos acessaram o site da Prefeitura de Cuiabá onde é possível agendar a aplicação da vacina contra a covid-19. Depois disso, no entanto, a procura cessou.

Segundo a Prefeitura, esse número de cadastros já realizados – os 26 mil – corresponde a cerca de 50% do total de adolescentes que o Ministério da Saúde estimava vacinar na Capital de Mato Grosso.

Valéria de Oliveira, coordenadora da campanha de vacinação, afirma inclusive que todos já haviam sido agendados. Nesta quinta-feira (21), todas as doses foram concluídas. Agora, é preciso que os demais entrem no sistema e informem o interesse em receber a vacina.

“Pedimos aos pais ou responsáveis por adolescentes que ainda não tenham feito o cadastro que façam o quanto antes, para darmos prosseguimento à imunização deste grupo”, ela diz.

Segunda dose

A baixa procura, aliás, não é exclusividade dos adolescentes. Conforme a coordenadora, isso também tem ocorrido com pessoas que já poderiam ter tomado a segunda dose da Pfizer ou a dose de reforço.

No caso da segunda dose da Pfizer, o prazo foi encolhido. Antes, era preciso esperar um mínimo de 56 dias. Agora, já é possível recebê-la após 8 semanas.

“A procura pela dose de reforço para idosos a partir de 70 anos e trabalhadores da saúde também está pequena. Nós, da vacinação, convocamos todo este público que venha aos polos de vacinação ou unidades básicas de saúde”, disse Valéria.

Lebrando que, no caso da segunda dose ou dose de reforço, não é preciso fazer agendamento.

LEIA TAMBÉM

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrisão domiciliar negada: chefe de gabinete de Emanuel Pinheiro fica preso até domingo
Próximo artigo“Hoje foi o melhor dia da minha vida”, diz homem absolvido de condenação por latrocínio