Cuiabá arrecadou 30% a mais de impostos em 2020, diz secretário

Arrecadação a mais fez a prefeitura reduzir seu endividamento, mesmo com novos empréstimos para obras contratados

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Secretário de Fazenda de Cuiabá, Antônio Roberto Possas de Carvalho estima que a prefeitura tenha registrado um crescimento nominal na arrecadação de impostos municipais (ISSQN, IPTU, ITBI e Taxas) na ordem de aproximadamente 30%. A comparação é com a arrecadação de 2019, ano que antecedeu a crise causada pela pandemia.

“A pandemia é um problema que continua existindo, mas que teve um impacto financeiro menor no município”, pontua Carvalho, destacando que parte desse resultado se deve também à ajuda financeira enviada pelo governo federal no período.

Ainda de acordo com o secretário, a arrecadação a mais fez com que o endividamento do município – mesmo com diversos financiamentos para obras em andamento – fosse reduzido.

“Apesar de todo investimento com financiamentos, a nossa receita cresceu e, automaticamente, a proporção do endividamento com a capacidade de pagamento diminuiu. Ou seja, temos uma folga em torno de 69%, se o município quiser contratar”, explicou.

Para 2022, o orçamento aprovado para a Prefeitura de Cuiabá é de pouco mais de R$ 4,2 bilhões.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno investe mais de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura em Cuiabá
Próximo artigoMais de 73 mil empresas foram abertas em Mato Grosso em 2021