Criança se recusa a ir para casa do pai e, só então, família descobre abuso sexual

Os abusos aconteceriam quando o pai está sob efeito de álcool

Imagem ilustrativa

O Conselho Tutelar e a tia de uma menina de apenas 12 anos denunciaram nessa sexta-feira (8) que a criança vem sendo abusada sexualmente pelo pai, de 33 anos.

Os abusos só foram descobertos porque a menina se recusou a ir para a casa do pai, no bairro São Simão, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Questionada pela tia, ela contou que o motivo é que quando o pai está alcoolizado abusa sexualmente dela.

Segundo relato da tia, a criança está perturbada com a situação. Ela afirmou ainda acreditar que tenha acontecido “descaso” por parte da mãe da menina, sua irmã, e, por isso, procurou o Conselho Tutelar.

Acompanhada de um conselheiro, a tia registrou um boletim de ocorrência por estupro de vulnerável e o caso será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso de Várzea Grande.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVídeo | Ladrão rouba carro e sofre grave acidente minutos depois
Próximo artigoO enterro de caixões vazios é fake news; mas, afinal, quem inventa essas histórias?