Covid-19: Governo quer deixar de enviar doses a municípios com baixa eficácia na vacinação

Corte poderá ser feito às cidades com eficiência de campanha abaixo dos 75%. Do total, 35 municípios de MT ficariam de fora

(Foto: Secom-MT)

O governo de Mato Grosso quer suspender a distribuição de vacinas contra a covid-19 para os municípios com eficácia considerada baixa em suas campanhas de vacinação. A “nota de corte” seria 75% das doses recebidas aplicadas.

As doses que iriam para essas cidades entrariam nas remessas dos municípios melhores classificados nesse ranking estadual. 

A medida foi divulgada em vídeo encaminhado na segunda-feira (26) pelo governador Mauro Mendes aos secretários municipais de Saúde. Segundo ele, os municípios que seriam excluídos estariam “muito abaixo” da média estadual de vacinação, na casa dos 90%.

O segundo grupo estaria conseguindo aplicar as remessas recebidas até cinco dias após a chegada em seus estoques.

“Não é justo ficar com vacina parada, estocada. Eu até imagino que gente aplicou a vacina, mas não atualizou no sistema. Então, os municípios que estiverem com eficácia abaixo dos 75% vão ser excluídos [da distribuição de doses]”, afirma. 

A medida de exclusão vai ser apresentada pelo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, ao Conselho Intergestores Bipartite (CIB), autoridade máxima em saúde pública em Mato Grosso. Se aprovado, a suspensão ocorrerá já nas próximas semanas. 

Trinta e cinco municípios ficariam de fora na primeira lista. Na última atualização do ranking de vacinação divulgada na terça-feira (27), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), o melhor colocado nesse grupo (Araguainha) aparece com eficácia de 74,4% e o pior (Nova Olímpia), com 34,90%.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMedalha não veio, mas Ana Sátila faz história como primeira finalista na canoagem
Próximo artigoSteven Spielberg chamou M. Night Shyamalan para escrever o roteiro de Indiana Jones 4