Coparticipações: mães relatam cobranças abusivas durante audiência pública

Vereador Diego Guimarães propôs ser o mediador de uma reunião entre os envolvidos para sanar os impasses

Em audiência pública realizada na Câmara Municipal nesta sexta-feira (24), mães que usam os serviços da Unimed Cuiabá relataram a dificuldade nos tratamentos e alegaram não ter condições de pagar a cobrança abusiva de coparticipação realizada pelo plano de saúde.

Cristiane Ignez Barbieri Simão, mãe de duas crianças especiais, apontou a dificuldade de conseguir tratamento. Ela relata, que a negativa do plano em fornecer home care para seu filho quase lhe custou a vida.

“O que quero é que a Unimed veja  que não adianta ter prédio bonito e não ter profissional para atender. Não é fácil viver na luta que a gente vive, sem suporte. Para quem está de fora é fácil, mas é preciso olhar para todas as patologias, porque as mães ficam desesperadas . Dou a  vida pelos meus filhos todos os dias para que eles tenham uma vida que merecem  e receber uma cobrança absurda por algo que eles não fornecem é inadmissível”, disse Cristiane.

(Foto: Natália Araújo / O LIVRE)

A Unimed foi oficiada para participar da audiência, porém, não compareceu. O vereador Diego Guimarães (Cidadania) foi quem propôs a audiência e, no encontro, sugeriu uma reunião de conciliação e mediação com a empresa, a Defensoria Pública, o Ministério Público, o Procon e representantes dos pais.

Além disso, ele defendeu que se faz necessário oficiar o governo do Estado com a ata da audiência para que sejam alocados recursos e coloque em Cuiabá ampliando o atendimento de pacientes que precisam de terapias contínuas. “Nossa intenção é de fazer o diálogo. A situação é muito séria e atinge não só um pai, mas centenas de famílias que precisam desse serviço”.

O vereador ainda lembrou que em fevereiro de 2021 a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) ampliou o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde. Com isso, estão definidos os novos exames e tratamentos que passam a fazer parte da lista obrigatória dos planos de saúde.

Carolina Antunes, terapeuta ocupacional explica que o trabalho que ela exerce com os pacientes é extremamente importante para o desenvolvimento das crianças com necessidades especiais. “Esse tratamento precisa sim ser garantido porque a falta dessas terapias representa um retrocesso enorme na vida desses pacientes”.

Representando a Defensoria Pública, Carlos Eduardo, afirmou que é preciso entender que essa cobrança não é correta. “Viola o princípio da boa fé objetiva, porque criou uma expectativa do tratamento e passou a cobrar. A defensoria está aberta para tentar, da melhor forma possível contribuir para que esses usuários não sejam penalizados”.

Diony Barbosa, também mãe de criança com necessidade especial, usou a tribuna de forma emocionada e afirmou que a Unimed garantiu que não cobraria coparticipação da terapia conquistada na Justiça. “Quando aderimos ao plano de saúde a gente pensa que vai usar em uma eventualidade, mas não foi, meu filho foi diagnosticado com autismo e a Unimed me garantiu que não cobraria pelo tratamento. Nossos filhos precisam de terapia intensiva, permanente e contínua, só queremos tratamento digno para nossos filhos”.

O que a Unimed tem a dizer sobre o assunto

A Unimed Cuiabá informou por meio de nota que as cobranças são legais.

Leia nota na íntegra:

A Unimed Cuiabá  vem a público manifestar que a cobrança da coparticipação é legal e está prevista em contratos nesta modalidade. Beneficiários buscaram na justiça por tratamentos não cobertos pelo rol da Agência Nacional de Saúde (ANS), em clínicas NÃO credenciadas, e todas as liminares estão sendo atendidas.

Sendo assim, o valor cobrado por estes prestadores é acima do praticado pela rede Unimed Cuiabá e pelo próprio mercado. Consequentemente, impactando na coparticipação que é proporcional ao valor das terapias“.

(Informações das Assessorias)

Leia também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSábado terá novos horários para vacinação em Cuiabá
Próximo artigo10 Melhores Sites Para Comprar Seguidores Barato