Com número de incêndios crescente, Mendes aguarda apoio do governo federal

Governador de Mato Grosso recebe dois ministros de Bolsonaro nesta quarta-feira (16)

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Após investir mais de R$ 20 milhões de recursos estaduais, o governador Mauro Mendes (DEM) declarou que Mato Grosso aguarda o apoio do governo federal para intensificar as ações de combate aos incêndios florestais no Pantanal e em outras regiões do estado.

A declaração foi dada nesta quarta-feira (16), em entrevista à emissora CNN.

“Nós estamos recebendo hoje a visita dos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Tereza Cristina (Agriculcultura). Nós já investimentos mais de R$ 20 milhões em equipamentos, compra de retardantes, e aluguel de aeronaves para adentrar em locais de difícil acesso. Nós esperamos ter apoio do governo federal e acreditamos que haverá alguma ajuda”, declarou.

Nos últimos meses, para conter o avanço dos incêndios no Pantanal, que já comprometem 12% da região, o Estado tem escalado bombeiros, brigadistas e voluntários para atuar na linha de frente. O Exército também está auxiliando.

Mendes ressaltou que fatores ambientais também têm favorecido a expansão dos incêndios no pantanal mato-grossense.

“A última grande queimada no Pantanal foi registrada há 14 anos. Houve acúmulo de material orgânico que seca neste período. Ainda estamos vivendo um longo período de estiagem. São mais de 100 dias sem chuva com baixa umidade relativa do ar, criando condições para incêndios, que se propagma mais rapidamente”, ressaltou.

Mato Grosso já decretou Estado de calamidade pública. Neste mês de setembro, em apenas dois dias foram registrados quase cinco mil focos de calor em Mato Grosso, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais). O estado chegou a 32 mil focos em 2020, 36% a mais do que em 2019.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorShopping de Cuiabá recebe Festival de Flores Primavere-se
Próximo artigoEm menos de 24 horas, Justiça solta menor que atirou em Isabele