Com economia fraca, presidente da Argentina aumenta salário mínimo e aposentadoria

A medida pode piorar ainda mais a situação já ruim da economia Argentina

(Foro: Divulgação/Consulado)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, vai anunciar nesta segunda-feira (20) novas medidas de seu governo. De acordo com o jornal Clarín, o líder socialista deve aumentar a o salário mínimo e a aposentadoria.

A medida vai na contramão do que aponta a economia argentina, que sofre devido as medidas restritivas adotadas na pandemia.

Ainda segundo o jornal Clarín, a medida tem como finalidade de reverter o péssimo resultado eleitoral nas primárias legislativas, que voltou a dar força aos opositores do governo.

Dessa forma, o programa busca apenas voltar a conquistar parte do eleitorado argentino, que começa a abandonar o barco de Fernández.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMourão defende fim de censura contra conservadores e liberais nas redes sociais
Próximo artigoPartido dos Trabalhadores confirma possível aliança com MBL contra Bolsonaro