Associação acusa Detran-MT de descumprir regras para implantação de placas modelo Mercosul

Uma ação judicial foi protocolada e pede a condenação do presidente do Departamento, Gustavo de Vasconcelos

(Foto: Fernando Miragaya/UOL)

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Mato Grosso foi acionado judicialmente por ter demorado a publicar uma resolução que trata do credenciamento das empresas autorizadas a emplacar veículos no Estado.

A normativa teria sido criada seis depois do prazo final para a implantação do novo sistema de placas veiculares no Brasil, que segue os padrões do Mercosul.

Além disso, teria autorizado que empresas já cadastradas – mas que não se encaixam nas regras federais – fabriquem as placas com esse novo formato.

As acusações são da Associação dos Fabricantes de Placas Veiculares de Mato Grosso (Afaplacas) e constam em um mandado de segurança que pede a condenação do diretor-presidente do Detran-MT, Gustavo de Vasconcelos, por improbidade administrativa.

Segundo a entidade, ele teria descumprido uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

“Ficamos à mercê da portaria do Detran para nos adequarmos às novas regras. Esperamos, cobramos, reivindicamos, tentamos reuniões e não tivemos retorno. Não tínhamos como prever o que seria determinado”, reclama o presidente da Afaplacas, Ivanio Inácio da Silva.

De acordo com Silva, a portaria do Detran-MT autoriza que empresas estampadoras de placas prestem o serviço por 180 dias sem necessariamente cumprir o que prevê o Conatran. Uma medida que, em sua avaliação, coloca em xeque as placas produzidas nesse período.

“Depois da intervenção da OAB-MT [Ordem dos Advogados Brasil em Mato Grosso] foi possível uma reunião com o diretor de Veículos do Detran. Ele foi taxativo em afirmar que sabia da ilegalidade da portaria, mas que seria implantado nesse formato”, disse o presidente da Afaplacas.

O que diz o Detran-MT?

Por meio da assessoria de imprensa, o Detran de Mato Grosso informou que não foi notificado sobre qualquer ação judicial referente à implantação das placas no formato do Mercosul.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaldaner diz que projeto de autonomia do BC pode ser votado depois do carnaval
Próximo artigoAdolescente é atacada em pista de caminhada, reage e consegue se salvar

O LIVRE ADS