Alerta: 60 cidades de MT têm “nível elevado” de tuberculose entre crianças

Secretaria de Saúde diz que casos entre pacientes com até nove anos de idade pode ter saído do controle desde 2015

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A incidência da tuberculose entre crianças chegou à situação de alerta em 60 cidades de Mato Grosso. O documento emitido esta semana pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostra que, nos dois últimos meses, houve registro acima da média entre crianças com até 9 anos de idade. 

O relatório mostra o acompanhamento de casos pelos escritórios regionais de saúde desde 2015. Na Baixada Cuiabana, nos registros anuais, passaram de 11 (2015) para 37 (2020) casos. 

Na região de Água Boa, os novos casos oscilaram entre dois e nove, ao ano, no mesmo período. Percurso parecido aconteceu em Colíder, com maior variação, entre nenhum caso registro em 2015 e 18 em 2020. 

A SES considera esses números, entre crianças, elevados, o que poderia indicar descontrole da doença. Os motivos para a situação seria a descontinuidade de ações de verificação da incidência, falta de estratégia para o controle e baixa realização de exames. 

A orientação é que as secretarias de saúde adotem ações para reverter o quadro. Mato Grosso registrou em seis anos 331 casos entre crianças com até nove anos. A média anual é 55 pacientes. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPessoas com comorbidades começam a ser imunizados nesta sexta-feira em Cuiabá
Próximo artigoSebrae promove evento online com diversas atividades para microempreendedores individuais