Pessoas com comorbidades começam a ser imunizados nesta sexta-feira em Cuiabá

Secretaria de Saúde criou uma declaração para facilitar a emissão de laudo médico

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

Começa nesta sexta-feira (7) em Cuiabá a vacinação contra o coronavírus do grupo da primeira fase das comorbidades, de acordo com o preconizado pelo Plano Nacional de Imunização – PNI. Nesta fase serão contemplados:

– Pessoas com Síndrome de Down, a partir de 18 anos;

– Gestantes e puérperas com comorbidades, a partir de 18 anos;

– Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;

– Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Para serem vacinadas todas as pessoas precisam fazer o pré-cadastro no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e comparecer no local de vacinação com a documentação necessária para comprovar que fazem parte do grupo prioritário, além do QR Code do agendamento. As grávidas devem levar o Cartão de Gestante e as puérperas (mulheres que tiveram bebê há até 45 dias) devem levar a certidão de nascimento da criança.

Com o objetivo de facilitar a obtenção do laudo médico pela população, a Secretaria Municipal de Saúde – SMS elaborou uma Declaração para vacinação de pessoas com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas. Nesta declaração constam todas as comorbidades, onde o médico precisa apenas assinalar a doença que o paciente possui, assinar e carimbar. Para aqueles que já possuem o laudo do médico, não é necessário levar esta declaração. O documento está disponível no site da vacinação.

Também consta na declaração um local para o médico preencher a informação sobre a comorbidade das gestantes e das puérperas. As pessoas com deficiência permanente devem trazer esta declaração assinada pelo médico, ou cartões de gratuidade no transporte público que indiquem condição de deficiência, ou qualquer outro documento que indique se tratar de pessoa com deficiência.

A coordenadora da campanha de vacinação, Valéria de Oliveira, ressalta que, dentro do grupo de gestantes, puérperas e pessoas de 55 a 59 anos, apenas aqueles que tiverem comorbidades comprovadas pelo médico serão vacinadas.

“Ao longo desses quase quatro meses de campanha identificamos muitas tentativas de pessoas que não fazem parte dos grupos prioritários de driblar nossos filtros para serem vacinados. O único objeto de verificação que teremos neste momento será o laudo ou a declaração assinada pelo médico”, comenta Valéria.

Outro problema enfrentado é a grande quantidade de pessoas de outras cidades que estão tentando ser vacinadas em Cuiabá.

“A nossa vontade é de vacinar todo mundo, mas infelizmente as doses que recebemos são insuficientes. O número de vacinas que chegam para nós é destinado à população que mora em Cuiabá, por isso não podemos vacinar pessoas de outros municípios. Precisamos da compreensão de todos, para que possamos continuar a campanha de forma organizada e sem intercorrências”, informa a coordenadora.

Confira como será a vacinação em 07/05/2021:

CENTRO DE EVENTOS DO PANTANAL

  • 1ª dose comorbidades

SESC BALNEÁRIO

  • 1ª dose de idosos de 60 a 64
  • 1ª dose de Forças de Segurança
  • 1ª dose comorbidades

SESI PAPA – Drive-thru

  • 1ª dose de idosos de 60 a 64
  • 1ª dose de Forças de Segurança
  • 1ª dose comorbidades

UFMT – Drive-thru

  • 2ª dose de Trabalhador da Saúde
  • 2ª dose de Forças de Segurança

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

  • 1ª dose de idosos de 60 a 64
  • 2ª dose de idosos de 70 a 74
  • 1ª dose comorbidades

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorContratação de crédito rural cresce 22% no ano da pandemia
Próximo artigoAlerta: 60 cidades de MT têm “nível elevado” de tuberculose entre crianças