Zema: Partido Novo não digeriu derrota para Bolsonaro em 2018

De acordo com o governador de Minais Gerais, partido pode estar obcecado em ter uma revanche contra o presidente

(Foto: Divulgação)

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que seu partido ainda não aceitou a derrota na eleição presidencial de 2018. Em um evento realizado pelo portal Money Report, nessa segunda-feira (27), o político falou sobre a crise atual dentro do Novo.

Segundo o político, o partido estaria obcecado em fazer uma drástica oposição ao presidente devido a ter dificuldades de lidar com o resultado da última corrida presidencial.

“Parece que, no caso do partido Novo, a derrota não foi digerida até hoje”, afirmou o governador.

Esquecer o passado

Ainda segundo Zema, é preciso esquecer o passado e seguir em frente, entretanto, os dirigentes do partido ainda não conseguem esquecer as mágoas.

“Só ficar remoendo fica difícil. É preciso esquecer a situação, mas parece que o Novo não consegue”, disse o governador mineiro.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBombeiros combatem incêndio em antigo barracão da City Lar
Próximo artigoGoverno de MT anuncia redução de imposto sobre gás, energia e combustíveis