Wellington Fagundes afirma que PL aceitou não apoiar rivais de Bolsonaro

Último entrave na filiação de Bolsonaro era o apoio que a sigla dava ao candidato de Dória na disputa pelo governo de SP

O senador Wellington Fagundes garantiu que o PL não irá apoiar rivais do presidente Jair Bolsonaro em sua reeleição. Em entrevista ao portal Uol, nesta sexta-feira (19), o senador deu detalhes sobre a negociação da filiação do presidente.

O último entrave colocado pelo presidente para sua filiação é que o partido não venha a apoiar o candidato de João Dória ao governo de São Paulo. Dessa forma, o partido qual Bolsonaro é filiado não daria apoio direto ao seu concorrente tucano.

De acordo com Wellington Fagundes o partido deve lançar um candidato próprio ao governo de São Paulo como uma prova de fidelidade ao presidente.

“Pode ser que o PL tenha, a partir da filiação do presidente Bolsonaro, uma candidatura própria a governador. Cogitou-se e está na possibilidade, inclusive, de o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ser o candidato do PL em São Paulo”, explicou o senador.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Ser negro” nos dias atuais
Próximo artigoPlano de Saúde: Unimed terá descontos diferenciados durante a Black Friday